Geral
  AUTISMO

1º Seminário municipal sobre autismo é promovido em Igrejinha

Seminário contou com a participação de representantes de diversas cidades da região, serra e capital
Fotos: Divulgação/Prefeitura de Igrejinha

Em sua primeira edição, realizada na tarde de quarta-feira (27), o Seminário Municipal sobre Autismo de Igrejinha teve como tema principal Lugar de Autista é em Todo Lugar”. O evento, alusivo ao Abril Azul, mês de conscientização sobre o autismo, reuniu 180 pessoas na Câmara de Vereadores e foi preparado pela Secretaria Municipal de Saúde e a equipe técnica do Centro de Referência Regional (CRR) TEAcolhe do Município.

Conforme a prefeitura de Igrejinha, o seminário contou com a participação de representantes de cidades como Vacaria, Caxias do Sul, Cachoeirinha, Rolante, Três Coroas, Parobé, Porto Alegre entre outras. A atividade foi realizada de forma gratuita e voltada para profissionais das redes de saúde, educação e assistência social, além de secretarias municipais e demais interessados no tema.

A programação da tarde contou com temas como inclusão, estimulação e apoio familiar para pessoas com o espectro, além da apresentação do Centro Regional e equipe técnica do TEAcolhe em Igrejinha, feita pela psicóloga Adriana Trindade, que coordena o projeto na cidade.

Devido à grande procura pelo evento, que foi presencial, na parte da tarde foi organizada uma transmissão ao vivo, via Facebook da página oficial de Igrejinha e na página da Secretaria de Saúde do Município.

O Secretário de Saúde de Igrejinha, Vinicio Wallauer, ao dar as boas-vindas aos participantes, destacou que o tema do autismo era e continua sendo um grande desafio.

“Hoje é cada vez mais necessário falarmos sobre o assunto, por isso estamos aqui, mas é também um desafio, pois as transformações necessárias em nossa rede de atendimento vão acontecendo aos poucos. Acredito que este seminário seja um passo a mais nessa mudança, um passo feito em comunidade, que com certeza vai gerar frutos para nossa cidade e região”, afirma o secretário Vinício.

O prefeito de Igrejinha, Leandro Hörlle, e o vice-prefeito, Joãozinho Lopes, também participaram da abertura do evento. Leandro Hörlle lembrou que Igrejinha tem empenhado grandes esforços para fazer com que o Programa TEAcolhe tenha um bom espaço para atuação e profissionais qualificados para o atendimento.

“Estamos investindo mais de 100 mil reais em adaptações no Centro de Atenção Psicossocial, o CAPS, para que ele possa ser a sede do programa, e fazemos isso pois acreditamos na importância de políticas públicas que sejam inclusivas e atendam ao máximo as necessidades da comunidade”, diz o prefeito de Igrejinha.

O programa TEAcolhe, instituído pelo estado do Rio Grande do Sul, tem como objetivo orientar e qualificar o atendimento à pessoa com Transtorno do Espectro Autista (TEA).