Geral
  COMBATE À DENGUE

Agentes de endemias de Taquara irão ampliar visitas para detectar focos do mosquito da dengue

Três bairros serão visitados nesta semana
Foto: Ruan Nascimento/Prefeitura de Taquara

Com o objetivo de reforçar o trabalho de detecção e combate a focos do mosquito Aedes aegypti em Taquara, esta semana, os agentes de endemias do Município irão intensificar as visitas nas residências, em regiões próximas onde foram detectados casos positivos de dengue.

“A nossa prevenção é constante e precisamos da mobilização de todos. Choveu muito nos últimos dias e a água parada acumulada pode conter focos do mosquito. Temos de estar sempre atentos para evitar que haja uma grande incidência de novos pacientes”, destaca a secretária de Saúde, Mariane Farias da Silva.

Conforme a prefeitura de Taquara, nos próximos dias, os agentes de endemias farão a visitação de residências nos bairros Medianeira, Jardim do Prado e Centro. Eles farão a procura por focos do Aedes aegypti, eliminação das larvas e auxiliarão na divulgação dos cuidados que cada morador deve ter para evitar que sua casa tenha criadouros do mosquito. Nestes três bairros também será pulverizado inseticida nas ruas onde há casos suspeitos ou confirmados de dengue.

Na semana passada, os novos agentes de endemias contratados pelo Município realizaram treinamento sobre quais serão as suas atividades desempenhadas.

“Estes profissionais já estão nas ruas realizando ações orientativas, coleta mecânica e vistorias próximas dos domicílios com casos suspeitos”, salienta a coordenadora da Vigilância em Saúde, Andressa Martins.

Situação da dengue em Taquara

De acordo com a Secretaria de Saúde de Taquara, o Município tem 10 casos confirmados de dengue. Há também outros 86 casos suspeitos da doença, e 156 casos descartados. Pessoas com suspeita da doença podem procurar qualquer Unidade Básica de Saúde, preferencialmente no Posto 24 Horas, onde há um espaço específico para este tipo de atendimento.

Sobre os cuidados de prevenção à dengue, a prefeita Sirlei Silveira ressalta que toda a população precisa fazer a sua parte contra a doença, evitando o acúmulo de água em pneus, garrafas e vasos de flores.

“É importante também que os moradores recebam os agentes de endemias, que estão visitando as residências para detectar focos do Aedes aegypti. Eles estão identificados com crachá da Vigilância em Saúde e um jaleco verde. O trabalho deles, junto com o empenho de cada morador, é fundamental para garantirmos um combate efetivo contra o Aedes aegypti”, frisa a prefeita de Taquara.