Geral
  CAMINHO DAS PIPAS

Associação Caminho das Pipas é lançada em Rolante

Entidade busca preservar a cultura e fomentar o turismo rural e o enoturismo
Foto: Eduardo Bettio/Universidade Feevale

Com o objetivo de preservar a colonização italiana e fomentar o comércio, o enoturismo e o turismo rural no Vale do Paranhana, foi lançada oficialmente, na última quarta-feira (04), a Associação Caminho das Pipas (Acapi) de Rolante.

Durante a cerimônia, a Acapi também apresentou a sua logomarca e o seu primeiro rótulo de vinho: o De Sti Ani, que significa “de antigamente” em Talian – língua que mistura os dialetos trazidos da Itália pelos primeiros imigrantes com palavras do português e do italiano gramatical.  
  
Conhecido há mais de 20 anos, o Caminho das Pipas é um roteiro turístico localizado no distrito de Boa Esperança,  a 17 km do Centro de Rolante. Atualmente, 80 famílias vivem no local, que é colonizado por descendentes de italianos, que vivem, na sua maioria, do turismo e da fabricação de vinhos, espumantes, sucos de uva e de outros produtos coloniais. O roteiro conta com vinícolas familiares e pousada, bem como pontos turísticos como a Cascata Três Quedas, o Morro Voo Livre e a Igreja Nossa Senhora do Caravaggio.  

A Acapi, constituída por 11 empreendedores locais, teve sua fundação viabilizada pelo Programa Redes de Cooperação da Feevale, desenvolvido em parceria com a Secretaria de Desenvolvimento Econômico (Sedec) do Estado, que auxiliou os produtores em todo o processo para a constituição da entidade.

Durante a solenidade, Elci Lado Aguirre, técnica de Sedec, lembrou aos associados que eles deixam de ser concorrentes e se transformam em parceiros de negócios.

“Marca um novo momento, pois agora vocês são cooperados. Passam a ter vantagens significativas, que vão possibilitar a melhoria dos produtos, assim como o acesso a novas parcerias, tecnologias e recursos que vão beneficiar o roteiro turístico e toda a comunidade”, enfatizou a professora Alexandra Zottis, professora coordenadora do Programa Redes de Cooperação da Feevale.

Conforme o presidente da entidade, Andrei Finger, a associação nasce de um esforço mútuo de todos os empreendedores.

“Com a associação, vamos fortalecer os nossos negócios e preservar as nossas origens, atrair mais turistas e fomentar a economia da nossa comunidade e do nosso município”, afirma Finger.

“Que bom que a Acapi está sendo formalizada com esse espírito de união e solidariedade entre as famílias. Ganha a comunidade, a nossa cidade e valoriza o nosso turismo e nossos produtos”, complementou o Pedro Rippel, prefeito de Rolante.

Também participaram da solenidade Alini Martini, técnica da Sedec, Daniel Bonho, coordenador do curso de Turismo e Gastronomia da Feevale; e Caroline Hoffmeister, supervisora do programa; além de associados e comunidade.

Comemoração 
 
Para celebrar a fundação da associação, os produtores apresentaram o primeiro rótulo que será comercializado com a marca da Acapi. Segundo seus idealizadores, o De Sti Ani é um vinho especial, fabricado em processo natural, sem intervenções e aditivos. Na primeira safra, foram engarrafadas 400 garrafas, sendo 200 do vinho branco e 200 do tipo tinto. 

Programa Redes de Cooperação

É desenvolvido a partir de uma parceria, superior a 20 anos, entre a Universidade Feevale e a Secretaria de Desenvolvimento Econômico (Sedec) do Rio Grande do Sul. Tem por objetivo reunir pessoas e empresas com interesses comuns em Redes de Cooperação, para a constituição de uma entidade juridicamente estabelecida (associações).

Com isso, permite-se a realização de ações conjuntas dos participantes, facilitando a solução de problemas coletivos e o acesso às tecnologias, conquistando novas oportunidades de mercados, produtos e serviços, que isoladamente não seriam possíveis.