Autoridades do Vale do Paranhana participam de mobilização por Hospital Regional Federal

Durante o encontro, que ocorreu em Sapiranga, foi definido que os presidentes da Ampara, Diego Picucha, e da Amvars, Luciano Orsi, ficarão a frente do grupo de trabalho
Publicado em 31/07/2021 11:27 Off
Por Alan Júnior

Fotos: Divulgação/Prefeitura de Parobé

O prefeito de Parobé e presidente da Associação de Municípios da Vale do Paranhana (Ampara) Diego Picucha, juntamente com o prefeito de Igrejinha, Leandro Horlle e demais autoridades do Vale do Paranhana, participaram de mobilização pela implantação de um Hospital Regional Federal. A reunião, realizada na Câmara de Vereadores de Sapiranga, faz parte de uma série de encontros que tem unido executivos, legislativos e entidades do Vale dos Sinos e do Paranhana para essa iniciativa.

Conforme a proposta discutida entre os prefeitos, essa unidade abrigaria diversas especialidades de atendimento de saúde a comunidade da região, como neurocirurgia, traumatologia e oncologia, além de contar com UTI e emergência pediátrica, sem a necessidade de deslocamentos para grandes centros como Porto Alegre ou Canoas para esses atendimentos especializados, como ocorre hoje em dia.

Durante o encontro, foi definido que os presidentes da Ampara, Diego Picucha, e da Associação dos Municípios do Vale do Rio dos Sinos (Amvars), Luciano Orsi, ficarão a frente do grupo de trabalho que encabeçará a movimentação entre prefeitos e entidades das duas regiões, além de ficarem em contato direto com técnicos da área da saúde da região para identificar as necessidades em relação à saúde, elencando os maiores gargalos.

Segundo Picucha, a saúde tem sido uma prioridade para os prefeitos do Paranhana, ainda mais neste período de pandemia, e regionalizar a saúde oferece condições de ofertar ainda mais qualidade de atendimento à população, para que ela não precise se deslocar para a região central em busca de certos atendimentos.

“É nos municípios que há a maior cobrança em relação à saúde, e são os municípios que acabam assumindo responsabilidades que seriam do Estado e da União. Sendo assim, através da união entre os municípios, podemos ofertar ainda mais qualidade de atendimento em saúde para nossa comunidade. O hospital regional, sem sombra de dúvidas, é uma necessidade para nossa comunidade, sendo assim uma prioridades para nós prefeitos do Paranhana”, destaca Picucha.

>> Deixe sua opinião: