Geral
  NEGÓCIOS

Avaliação sobre o turismo de Taquara é realizada pelo Sebrae

Encontro reuniu empresários do setor e representantes de associações municipais.
Legenda: Workshop trouxe um panorama acerca das opções turísticas do Município
Foto: Ruan Nascimento/Prefeitura de Taquara

A Diretoria de Turismo de Taquara promoveu nesta terça-feira (19) o workshop Diagnóstico do Ambiente Turístico, apresentado pela turismóloga Rita Michelon, do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae-RS). O encontro, realizado na Faccat, reuniu empresários do setor turístico do Município e representantes de clubes, associações e conselhos municipais.

O objetivo do workshop foi apresentar os resultados de uma pesquisa feita pelo Sebrae sobre o potencial turístico de Taquara, com a menção a pontos positivos e situações a melhorar no segmento. “Foram avaliados alguns estabelecimentos comerciais para a realização deste levantamento. Sem dúvidas foi um encontro importante, para que a Administração Municipal, junto com representantes do setor e de entidades, possam elaborar estratégias para atrair um número maior de turistas por aqui”, explica o diretor de turismo, Dirceu Linden.

A prefeita de Taquara, Sirlei Silveira, destacou sobre a importância desta avaliação. “Em maio deste ano, lançamos o Plano Municipal de Turismo, com a supervisão do Sebrae e auxílio do Conselho Municipal de Turismo (Comtur), apontando estratégias para desenvolver o turismo no Município. Com esta avaliação, será possível definir ações mais precisas, para fortalecer o potencial turístico de nossa cidade”, comenta.

Resultados da pesquisa

Rita salienta que a avaliação foi feita por meio de uma abordagem criada pelo Sebrae, através de um diagnóstico de amostragem. Ela conta que, entre todos os aspectos avaliados, foi possível identificar uma posição turística positiva no Município. “O ponto que pode ser melhor explorado pelos empreendedores é na questão da divulgação de seus negócios, principalmente pela internet. Taquara tem os produtos e os empreendimentos, e a comunicação é uma grande aliada para divulgar as coisas boas que tem por aqui, como a diversidade em produtos, o potencial cultural que o Município carrega e o patrimônio natural”, ressalta.

No encontro, a turismóloga apontou que o trabalho de cooperação percebido no workshop pode ser um fator determinante na evolução turística do Município. “Sugeri que os empresários criassem uma rede, para que os proprietários de todos os empreendimentos se conheçam. Isso é fundamental porque o turista costuma perguntar sobre outras atrações que existem na cidade. E aí as pessoas precisam saber responder com propriedade, porque esta pessoa vai querer conhecer diversos lugares diferentes”, frisa.