Bombeiros de Taquara iniciam treinamento com profissionais da educação do Vale do Paranhana de acordo com a Lei Lucas

Lei torna obrigatória a capacitação em primeiros socorros de professores e funcionários de estabelecimentos de ensino
Publicado em 24/11/2021 11:07 Off
Por Cleusa Silva
Fotos: Corpo de Bombeiros Militar de Taquara

Com o objetivo de garantir e aumentar a segurança de crianças e adolescentes no ambiente escolar, o Corpo de Bombeiros Militar de Taquara deu início ao treinamento básico de primeiros socorros voltado aos profissionais da educação, das três redes de ensino, nos municípios do Vale do Paranhana. A medida, iniciada na segunda-feira (22), segue as orientações da chamada Lei Lucas.

Sancionada no dia 04 de outubro de 2018, a Lei nº 13.722, torna obrigatória a capacitação em noções básicas de primeiros socorros de professores e funcionários de estabelecimentos de ensino, públicos e privados, de educação básica e de estabelecimentos de recreação infantil.

A Lei Lucas foi criada após um triste episódio, envolvendo o menino Lucas Begalli, de 10 anos, que estava em uma excursão escolar quando se engasgou com um alimento e, como nenhum dos professores que acompanhavam o passeio conhecia técnicas de primeiros socorros, a criança acabou falecendo.

Conforme Gilmar Egídio Corrêa Dias, sargento do Corpo de Bombeiros de Taquara e responsável pela realização do treinamento na região, desde segunda-feira estão sendo ministradas aulas no quartel em Taquara, com duração de quatro a cinco horas, e entrega de certificado ao final da capacitação.

“Os participantes do curso básico de primeiros socorros estão recebendo orientação sobre situações comuns que podem ser enfrentadas por estes profissionais, como desmaio, vertigem, epilepsia, convulsão, desobstrução de vias aéreas, parada cardíaca, treinamento de combate a incêndio, entre outras”, relata sargento Egídio.

Para aumentar a eficácia do treinamento, destinado aos profissionais da educação de Taquara, Parobé, Rolante, Riozinho, Igrejinha e Três Coroas, os bombeiros de Taquara estão dividindo os participantes em turmas com apenas 25 integrantes, que recebem orientação teórica e treinamento prático.

“Essa capacitação da Lei Lucas, além de obrigatória desde 2018, também é muito importante, pois a escola e seus profissionais são os responsáveis pelos estudantes, enquanto estão em horário escolar.  Estamos aqui para atender essa demanda no Vale do Paranhana. Caso precise fazer o treinamento, entre em contato conosco e esteja preparado para situações de emergência em sua escola”, reforça o sargento do Corpo de Bombeiros de Taquara.

O número de representantes de cada escola fica a critério dos próprios estabelecimentos de ensino, que devem entrar em contato com o Corpo de Bombeiros Militar de Taquara, pelo telefone (51) 3542-1110, e agendar a capacitação de seus profissionais.

>> Deixe sua opinião: