Polícia
  MANOBRAS PERIGOSAS

Brigada Militar de Rolante prende motociclista por embriaguez, desacato e outros delitos  

Detido também efetuou manobras perigosas pelo centro da cidade

Na noite de domingo (10), a Brigada Militar (BM) de Rolante prendeu um motociclista por embriaguez, desacato e outros delitos. Por volta de 21h45min, a guarnição de serviço foi informada, durante a troca de turnos, sobre um indivíduo que se encontrava tripulando uma motocicleta de trilha, sem capacete e realizando manobras perigosas no centro de Rolante.

Após receber inúmeras ligações, via 190, referente ao mesmo indivíduo, que estaria com uma camiseta amarela e continuava a efetuar manobras perigosas pelo centro da cidade, os policiais confirmaram o fato nas câmeras de vídeomonitoramento, na sede da Brigada Militar, no momento em que o suspeito efetuava manobra de retorno em frente ao Banco do Brasil, próximo a sede da Policía Militar, trafegando sobre a calçada e deslocando em alta velocidade, e até acenando para as câmeras.

Durante averiguação, os policiais localizaram o indivíduo em um posto de combustíveis e a motocicleta escondida na lateral do establecimento comercial. Devido a grande aglomeração de pessoas no local, a guarnição solicitou e aguardou apoio de outros colegas de folga.

Conforme a BM de Rolante, no momento da abordagem o indivíduo estava extremamente alterado e alcoolizado, não obedecendo as ordens dos policiais, sendo necessário o uso moderado e progressivo da força, resultando em algumas escoriações no momento em que foi imobilizado e algemado.

Com antecedentes por crimes de poluição ambiental, ameaça e perturbação do sossego alheio, D. E. H. R., de 26 anos, foi preso em flagrante por embriaguez, desacato, resistência a prisão e ameaça, sendo conduzido ao hospital de Rolante, para exames de lesão corporal, local em que foi constatado a embriaguez pelo médico de plantão. Posteriormente, o detido foi encaminhado à Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento (DPPA) de Taquara.

A Brigada Militar de Rolante salienta ainda que, durante a condução, o indivíduo passou a desacatar a guarnição, chamando-os de diversas palavras de baixo calão e, inclusive, os ameaçando de morte. Foi verificado também que a motocicleta era composta de motor e chassi distintos, sendo apreendida conforme ocorrência policial.