Geral
  CRESCIMENTO DO SETOR VAREJISTA

Calçados Bibi registra crescimento de 75% em vendas frente ao primeiro trimestre de 2021

Segundo o IBGE, no primeiro trimestre de 2022, todo o setor varejista registrou alta de 1,3% frente ao mesmo período do ano anterior.
Foto: Divulgação/Calçados Bibi

O setor de comércio varejista nacional segue em crescimento em 2022. É o que mostra a pesquisa do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), divulgada na segunda semana de maio. Segundo o instituto, no primeiro trimestre do ano, o Varejo registrou alta de 1,3% frente ao mesmo período do ano anterior, mostrando a recuperação e crescimento em vendas de cinco das oito atividades monitoradas. A Bibi, marca de calçados infantis e com mais de 130 lojas no Brasil, segue o mesmo patamar registrado pelo órgão de pesquisa. Nos três primeiros meses deste ano, a rede cresceu 75% em vendas, se compararmos com o mesmo intervalo de 2021.

Com operações exclusivas para a comercialização de calçados e acessórios para crianças de 0 a 9 anos, a rede aposta na expansão de lojas para ampliar a presença no Brasil. Para 2022, a rede prevê implantar 37 operações, sendo 25 em solo brasileiro e 12 no exterior. Além disso, a Bibi também investe em novas estampas e produtos, com lançamentos de coleções e serviços digitais, como venda via link, e-commerce e aplicativo, canais que permitem alavancar as vendas por meio de tecnologia, para atrair diferentes perfis de consumidores.

Ainda de acordo com o IBGE, a atividade de tecidos, vestuário e calçados registrou saldo positivo de 24,1% no 1º tri de 2022. Já em março, o crescimento foi de 81,3%, em relação ao mesmo mês de 2021, sendo o terceiro consecutivo e o maior aumento desde maio do ano anterior.

“Com a retomada constante do comércio e a volta da confiança do consumidor em sair de casa, notamos um aumento expressivo nas vendas nos primeiros meses deste ano, no nosso caso ainda mais, pois pegamos o retorno às aulas que impulsiona a busca por novos calçados e mochilas. Acreditamos que o aquecimento do setor irá se manter, tendo em vista não só as aulas presenciais, como também os encontros em família e amigos sendo realizados com mais frequência. Isso nos mostra que estamos no caminho certo”, finaliza a presidente da Calçados Bibi, Andrea Kohlrausch.