Geral
  POLÍTICA

Câmara de Taquara votará alteração no quadro de cargos da Prefeitura

Duas reuniões extraordinárias foram convocadas para esta semana no Legislativo.

A Câmara de Vereadores de Taquara informou a realização de duas sessões extraordinárias nesta semana. A primeira reunião ocorrerá nesta terça-feira (11), às 15 horas, e fará a publicidade de projeto de lei remetido pela prefeita Sirlei Silveira (PSB) que modifica o quadro de cargos em comissão e funções gratificadas do Executivo. Também serão escolhidos, nesta reunião, os líderes de bancadas e serão formadas as comissões permanentes para 2022. Na quinta-feira (13), às 15 horas, haverá nova sessão extraordinária para a deliberação do projeto sobre o quadro de cargos.



As reuniões extras foram solicitadas pela prefeita Sirlei e convocadas pelo presidente do Legislativo, vereador Jorge de Moura Almeida (Progressistas). A Câmara de Taquara não tem remuneração adicional aos vereadores por conta destas reuniões extras, realizadas no período em que o Legislativo está em recesso. Por conta disso, não haverá qualquer acréscimo de salário em função dos encontros.

O projeto da prefeita estabelece todos os cargos em comissão que seu governo pretende trabalhar, bem como as funções gratificadas. A medida é necessária uma vez que foi alterada a estrutura do Executivo, com novas nomenclaturas de secretarias, e é preciso a adequação dos cargos às novas pastas. “Esclarecemos que este Projeto tem como objetivo principal adequar a máquina pública à realidade financeira e operacional do Município, visando, ainda, a simplificação da gestão interna, considerando os atuais organogramas das pastas estabelecidas pela atual administração”, diz a prefeita.

Sirlei acrescenta que o projeto foi precedido de rigorosa avaliação e menciona ter a convicção de que as novas diretrizes proporcionarão meios para que a Prefeitura aperfeiçoe a prestação dos serviços. “Por fim, cumpre salientar que a atual administração propõe a presente alteração baseada na obrigação de prestar serviços públicos de qualidade à população, que reflete consequentemente, na economia ao erário. Em um simples comparativo, no ano de 2021, o Município está encerrando o período fiscal com recursos em caixa, sem dívidas com fornecedores, bem como com os salários corretamente pagos. Isso é reflexo de uma gestão austera, que se concretiza por intermédio do trabalho de competentes profissionais servidores, o que com a nova estrutura administrativa, só tende a qualificar ainda mais”, diz Sirlei.