Começa em Parobé a coleta de sangue dos participantes da pesquisa PrevCov

A Prefeitura alerta a população para que observe o uso do uniforme e o crachá para ter certeza sobre a autenticidade do agente da PrevCov.
Publicado em 16/11/2021 09:43 | Atualizado em 16/11/2021 09:45 Off
Por Alan Júnior
Foto: Divulgação/Prefeitura de Parobé

A Prefeitura de Parobé informa à comunidade que começa nos próximos dias a coleta de sangue das pessoas que responderam à pesquisa PrevCov, a Pesquisa de Prevalência de Infecção por Covid-19 no Brasil, realizada pelo Ministério da Saúde. Em Parobé integram a pesquisa moradores dos bairros Centro, Integração, Fazenda Pires e do Distrito de Santa Cristina do Pinhal.

O estudo soroepidemiológico vai revelar a distribuição da Covid-19, e como a doença está sendo transmitida no país, de acordo com a região, o estado e os municípios.

Por meio da análise do material coletado, será possível estimar o número de pessoas com sintomas associados à covid, e monitorar os impactos da pandemia no mercado de trabalho brasileiro. E assim, também tomar decisões de saúde pública.

Os participantes foram selecionados a partir da Pnad Covid-19, a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios, que é realizada pelo IBGE, desde maio de 2020. Eles foram entrevistados por telefone, em todo o país.

A coleta do sangue será feita na casa da pessoa, que precisa ter mais de 18 anos. Quem tiver menos, precisa ser autorizado pelos pais ou responsáveis.

O participante deve observar o uso do uniforme e o crachá para ter certeza sobre a autenticidade do agente da PrevCov, quando receber a visita, e que em caso de dúvida pode ligar para o número 136.

As amostras vão ser encaminhadas para a Fiocruz, que vai elaborar os resultados. Os dados dos participantes não serão divulgados publicamente, mas cada um terá uma senha para saber o próprio resultado.

>> Deixe sua opinião: