Geral
  CAPACITAÇÃO

Curso de costura industrial é promovido de forma gratuita em Parobé

Capacitação, totalmente gratuita, conta com duas turmas, cada uma com oito alunos
Fotos: Divulgação/Prefeitura de Parobé

Com o objetivo de contribuir com a formação de mão de obra especializada em indústrias calçadistas, a prefeitura de Parobé está promovendo, de forma gratuita, o curso de costura industrial. Durante a capacitação, realizada por meio de uma parceria entre as secretarias de Assistência Social e de Desenvolvimento Econômico, com o apoio do Sindicato dos Sapateiros de Parobé, os alunos aprendem o manejo de máquinas, técnicas em acabamento em costura, entre outras atividades.

Conforme a prefeitura de Parobé, o curso vem transformando a realidade de muitos parobeenses e abrindo possibilidades de empregabilidade em diversas indústrias locais. Como é o caso de Tatiana Vargas Romano da Rosa, que participa da qualificação.

“Trabalhei por 22 anos em uma fábrica de calçados como revisora e quero experimentar essa nova experiência de ser costureira. Estou aprendendo muito e está sendo muito bom para mim esse curso. Nesse momento estou desempregada e sei que esse curso vai ser importante para abrir novas portas para mim”, afirma a aluna.

Para a realização do curso, o Sindicato dos Sapateiros cedeu o espaço e as máquinas e a prefeitura forneceu o instrutor. A capacitação, totalmente gratuita, conta com duas turmas, cada uma com oito alunos.

“Esse curso foi planejado pensando em uma das necessidades das empresas de nossa indústria calçadista, que têm buscado profissionais para trabalhar na área de costura. É uma oportunidade para quem deseja aperfeiçoar conhecimentos ou aprender um novo ofício”, ressalta Diego Picucha, prefeito de Parobé.

O secretário de Desenvolvimento Econômico, Tiago Vargas, explica que o treinamento aborda conteúdos práticos essenciais para o exercício da profissão.

“São aulas totalmente práticas, qualificando os cidadãos para operar máquinas de costura. Aqueles que fizerem o curso sairão prontos para o mercado de trabalho, com possibilidade de contratação imediata”, destaca Tiago.