Geral
  EDUCAÇÃO

Curso de Direito da Faccat conquista nota máxima em avaliação do MEC

Para chegar ao conceito máximo, com a nota cinco, uma série de itens foram analisados pelos representantes do Ministério da Educação.
Divulgação

Na mesma semana em que se realizava a formatura da primeira turma do curso de Direito das Faculdades Integradas de Taquara (Faccat), o Ministério da Educação (MEC) fazia avaliação do curso nos dias 23, 24 e 25 de março. O resultado foi publicado na quarta-feira, dia 30 de março, e a instituição taquarense obteve a nota máxima, que é cinco. No Brasil, poucas faculdades conseguem atingir o resultado máximo.

Para chegar ao conceito máximo, com a nota cinco, uma série de itens foram analisados pelos representantes do MEC, especialmente a qualificação do corpo docente e da infraestrutura da Instituição.

O coordenador do curso de Direito, José Alcides Renner, comenta que essa conquista representa um estímulo para levar adiante todo o processo de ensino e aprendizagem de qualidade. “Isso nos motiva a trabalhar ainda mais para melhorar o curso. Todos gostam de estudar e de trabalhar numa Instituição bem avaliada. Nosso corpo docente é muito qualificado”, comemora.

Qualidade em todos os aspectos

Para o diretor-geral da Faccat, Delmar Backes, o conceito 5 confirma o trabalho comprometido e de qualidade que a Instituição tanto frisa. “A nota máxima já era aguardada, principalmente pela qualidade do curso em todos os aspectos, incluindo os próprios acadêmicos, que na filosofia do curso são protagonistas na construção de seus conhecimentos”, destaca.