Polícia
  OBJETOS RECUPERADOS

Delegado convida população para reconhecer objetos roubados ou furtados disponíveis para retirada na delegacia de Taquara

Conforme o delegado Falcão, mais de 300 celulares, 40 capacetes, microondas, ferramentas e até uma britadeira estão disponíveis no local.
Titular da Delegacia de Polícia Civil de Taquara, José Marcos Falcão de Melo.
Foto: Alan Júnior/Rádio Taquara

O titular da Delegacia de Polícia Civil (DP) e da Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento (DPPA), de Taquara, delegado José Marcos Falcão de Melo, realizou um convite à população taquarense e regional para que compareça à DP a fim de reconhecer objetos que foram recuperados pela polícia e estão disponíveis no local. A solicitação ocorreu na última sexta-feira (06), durante entrevista concedida ao programa Reserva das Cinco, da Rádio Taquara.

De acordo com o delegado Falcão, na realização dos trabalhos, além de diversas prisões de criminosos, são apreendidos diversos equipamentos e objetos que são provenientes de origem duvidosa. “Durante a rotina policial, nós nos deparamos com muitas apreensões. Muitas dessas apreensões vão seguir para a perícia e vão ser utilizados como objetos de prova. Já em outras situações, nós temos apreensões que não estão vinculados às investigações, mas que temos convicção que são objetos de crimes”, explica Falcão.

No caso das apreensões que não fazem parte das investigações, em muitos casos os objetos permanecem na delegacia aguardando a retirada dos bens por parte dos proprietários. Segundo o delegado, na delegacia de Taquara existem diversos utensílios oriundos de crimes aguardando para serem retirados, como celulares, computadores, tablets, televisores, além de microondas, maquitas, cortadeiras, furadeiras e inúmeras ferramentas de trabalho.

“Nós precisamos que as vítimas compareçam na delegacia e, se puderem identificar esses objetos, poderemos devolver o objeto para seu legítimo proprietário e, também, conseguiremos colocar o objeto na ‘conta’ do criminoso a receptação, que é um crime de 1 a 4 anos, de médio potencial ofensivo”, destaca o delegado. Ainda conforme Falcão atualmente existem mais de 300 aparelhos celulares – dos mais diversos modelos – 40 capacetes, televisores, videogames, máquinas elétricas e até uma britadeira aguardando na delegacia, para serem retirados por seus proprietários.

Para a recuperação de objetos furtados é necessário que o cidadão compareça à delegacia, de segunda a sexta-feira, das 8h30min às 12h e das 13h30min às 18h, com seu documento de identificação e algum documento que comprove a propriedade do objeto. “Pode ser a nota fiscal, comprovante de compra ou venda, a caixa do aparelho ou até uma segunda via da nota fiscal, que o cidadão consegue indo ao estabelecimento onde realizou a compra e apresentando um documento de identificação”, finaliza.

A delegacia de Taquara fica na rua Guilherme Lahm, 906, Centro. Telefone para informações: (51) 3542-1300.

Confira a entrevista completa: