Geral
  OBRA EM PARCERIA

Desassoreamento do Rio Paranhana deverá se estender por 30 dias

Prefeito de Parobé, Diego Picucha, realizou visita às obras nesta quinta-feira (31).

Está em andamento o processo de desassoreamento do Rio Paranhana. Em uma ação conjunta entre as Prefeituras de Parobé e Taquara, a ação teve início na terça-feira, 29, no leito do Rio Paranhana do lado de Taquara. A previsão é que o processo ocorra em cerca de 30 dias, conforme as condições climáticas, seguindo do lado de Taquara em direção a Parobé.

Segundo o prefeito Diego Picucha, que visitou as obras de desassoreamento na manhã desta quinta-feira, 31, por parte de Parobé a ação é executada pelas secretarias de Obras e de Meio Ambiente. Para o desassoreamento, está sendo fornecida uma escavadeira hidráulica de cada município e dois caminhões de cada cidade.

“A ação irá beneficiar diretamente nossos cidadãos, em especial os moradores do bairro XV de Junho, que sofrem com um problema histórico de alagamentos. Com isso pretendemos amenizar essa situação. Esse é um trabalho que seguirá ao longo do ano e já estamos analisando outros trechos do leito do rio para que passem pelo mesmo processo”, define Picucha.

O que é assoreamento

Um dos principais problemas que afetam os rios e córregos, principalmente os que passam por grandes cidades, é o assoreamento. Neste processo ocorre o acúmulo de lixo, entulho e outros detritos no fundo dos rios. Com isso, o rio passa a suportar cada vez menos água, provocando enchentes em épocas de grande quantidade de chuvas.

Medidas para evitar

Nestes casos, é importante uma intervenção do homem para evitar catástrofes. A primeira medida é a conscientização da população para que o lixo não seja jogado nos rios. Outra medida é a ação dos governos com projetos de manutenção dos rios, através do processo de desassoreamento dos rios. Este, consiste em retirar do fundo dos rios, com o uso de máquinas, todo tipo de lixo e detritos depositados. Desta forma, consegue-se aumentar a vazão do rio.

Fotos: Divulgação / Éder Zucolotto