Prefeitura de Parobé apura descarte irregular de resíduos no parque do Festejando

Há suspeita de que material tenha sido descartado por filho de secretário municipal.
Publicado em 20/02/2018 12:10 | Atualizado em 20/02/2018 13:05 Off
Por Vinicius Linden

Máquina usada para encontrar resíduos no parque do Festejando Parobé.

A Prefeitura de Parobé está apurando o descarte irregular de resíduos no parque do Festejando Parobé. O material foi constatado nesta segunda-feira no local, por técnicos da Secretaria de Meio Ambiente, após denúncias que chegaram ao setor. O assunto ainda está sendo apurado. Há suspeita de que o descarte tenha sido feito pelo filho de um secretário municipal, mas o setor de meio ambiente não confirma o fato, uma vez que continua investigando o assunto. O secretário de Obras, Lázaro Dias, admitiu à reportagem do Panorama, na manhã desta terça-feira, que seu filho teria feito o descarte de maneira incorreta.

Lázaro disse à reportagem que o filho está providenciando a solução para o problema. Segundo o secretário, o fato, para ele, foi uma surpresa, uma vez que também não tinha conhecimento do ocorrido. Somente nesta segunda-feira que Lázaro diz ter ficado sabendo do descarte, quando foi chamado para atender o assunto. Segundo o secretário, trata-se de um material que foi descartado no parque do Festejando, mas deveria ter sido encaminhado para outro local. Dias ressaltou que o erro foi prontamente constatado por seu filho, que foi notificado e já providenciou a organização para a retirada do material.

O secretário de Meio Ambiente falou no final da manhã desta terça-feira com a reportagem do Jornal Panorama. Valdenir Martins disse que sua pasta está apurando os fatos sem qualquer prejulgamento e, por isso, não tem posição ainda a respeito de quem são os responsáveis pelo descarte irregular. Martins contou que os técnicos receberam a denúncia sobre a colocação de resíduos industriais, como couro, por exemplo, numa área do parque do Festejando. Imediatamente, os técnicos foram até o local e constataram que havia uma máquina da Prefeitura trabalhando no local. Pediram para essa máquina parar o trabalho, chamaram uma retroescavadeira e, após escavação, encontraram os resíduos denunciados.

Martins enfatizou que, a partir disso, estão sendo ouvidas todas as partes suspeitas do caso. O titular do Meio Ambiente confirmou que a empresa do filho do secretário de Obras, situada na localidade de Fazenda Pires, tinha recebido notificação para retirada de materiais descartados de forma incorreta em outro terreno. Contudo, segundo Martins, ainda não é possível afirmar se os mesmos materiais achados no parque do Festejando são oriundos desta empresa. O secretário de Meio Ambiente confirmou que mandou seus técnicos verificar se, no terreno anterior, os resíduos tinham sido retirados, procedimento que seria feito ainda na manhã desta terça-feira.

Segundo Martins, está sendo apurado de quem são os resíduos, quem transportou, o uso da máquina da prefeitura que estava fazendo o aterramento, enfim, todos os detalhes do caso. A expectativa do titular do Meio Ambiente é concluir os laudos até o final desta semana. Valdenir enfatizou que está fazendo o seu papel como titular da área ambiental, uma vez que, se os fatos não fossem apurados, poderia ser responsabilizado, assim como o prefeito interino Moacir Jagucheski.

>> Deixe sua opinião: