Polícia
  INVESTIGAÇÃO

Dupla é presa suspeita de envolvimento na morte de morador de Canela ocorrido em abril no interior de Igrejinha

A vítima foi executada em Serra Grande e seu veículo foi encontrado incendiado no interior de Parobé.

Fotos: Divulgação/Polícia Civil de Igrejinha

Agentes da Delegacia de Polícia Civil (DP) de Igrejinha, com apoio da DP de Três Coroas, realizaram, na manhã desta quinta-feira (05), cumprimento de quatro mandados de busca e apreensão nas cidades de Canela e Gramado e de duas prisões temporárias, decretadas em face de dois homens suspeitos de envolvimento em homicídio doloso consumado.

O crime foi praticado contra um homem de 27 anos, morador de Canela, durante a madrugada do dia 12 de abril de 2022, na estrada Serra Grande, interior de Igrejinha. A vítima foi executada mediante diversos disparos de arma de fogo calibre 9mm e seu veículo posteriormente incendiado no bairro Caic, em Parobé.

Conforme informou o delegado de Polícia Ivanir Luiz Moschen Caliari, responsável pela DP de Igrejinha, através das investigações realizadas foi possível identificar o envolvimento de quatro pessoas no crime, todas moradoras de Gramado e Canela, sendo uma delas uma mulher, de 21 anos, que teve sua prisão decretada e foi capturada em Gramado no dia 19 de abril de 2022.

Vídeo: Divulgação/Polícia Civil Igrejinha

A mulher suspeita teve imagem captada por uma câmera de vigilância de um posto de combustível, na cidade de Gramado, na presença da vítima pouco antes da sua execução. A presença da acusada também foi verificada em outro posto de gasolina, desta vez na cidade de Parobé, em local não distante de onde o veículo da vítima foi incendiado, desta vez acompanhada de outros dois homens que chegaram a pé com ela no estabelecimento.

Ainda no posto de abastecimento de Parobé, foi possível verificar que momentos depois a mulher e os outros dois suspeitos embarcaram em GM/Corsa, de cor preta, conduzido por um motorista que veio lhes resgatar para a fuga do local para retornar retornar à Serra Gaúcha.

O motorista do veículo que resgatou os suspeitos, bem como um dos homens que acompanhavam a mulher, foram presos nesta manhã, ocasião em que o Corsa de cor preta, celulares, um revólver calibre .32 com munições respectivas e um simulacro de pistola também foram apreendidos. O terceiro homem investigado não foi localizado até o presente momento, estando identificado e na condição de foragido.

O delegado Caliari declarou que a Delegacia de Igrejinha investiga, ainda, a motivação do crime, tendo sido constatado que os três homens e a mulher envolvidas no delito possuem antecedentes por prática de tráfico de drogas, fato que justifica a violência com que o homicídio foi executado, consumado mediante oito disparos de pistola calibre 9mm verificados pela perícia no corpo da vítima.

O delegado de Polícia Heliomar Athaydes Franco, titular da 2ª Delegacia Regional de Gramado, destacou a relevância das ações em combate a crimes de homicídios na região, e referiu que as buscas pelo indivíduo não localizado durante a operação desta quinta-feira e demais possíveis envolvidos não cessarão até a completa elucidação do crime.

Após a formalização das diligências na DP de Igrejinha, os dois presos foram conduzidos para a Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento (DPPA) de Taquara, onde aguardam a definição do presídio para onde serão encaminhados.