Geral
  OPORTUNIDADE DE TRABALHO

Empresa calçadista de Taquara oferece qualificação profissional aos adolescentes acolhidos no Lar Padilha

Na medida em que a produção for aumentando, outras vagas poderão ser oportunizadas aos jovens do Lar Padilha
Fotos: Ander Peters/Lar Padilha

Instalada em Padilha, localidade do interior do Município, uma empresa calçadista de Taquara está, desde maio deste ano, oferecendo qualificação profissional para quatro adolescentes acolhidos no Lar Padilha – ABEFI. O projeto de cunho social, pioneiro na região, é desenvolvido na empresa Calçados Padilha, dos sócios Ariel Mello e Leonardo Peters, de segundas às sextas-feiras, no contra turno escolar dos jovens.



Atualmente, a empresa calçadista conta com 38 funcionários no processo de costura, onde são produzidos em média 1.500 pares de calçados por dia, na linha de tênis esportivos da marca Adidas, o qual são certificados e licenciados pela empresa Ramarim. A ideia é que o negócio possa ser ampliado, com aumento de vagas de emprego e de faturamento.

“Pretendemos buscar incentivo governamental para ampliar a estrutura e o maquinário, fortalecendo a geração de vagas de emprego e desenvolvimento da região”, destaca Ariel.

Para diversificar a mão de obra e ampliar as oportunidades, a Calçados Padilha conta com transporte de funcionários diariamente, saindo do Rio da Ilha em direção ao atelier. Ainda segundo Ariel, na medida em que a produção for aumentando, outras etapas, como o corte de calçados, também deve passar a ser produzida na empresa, diversificando a mão de obra, oportunizando maior geração de empregos e a participação de mais jovens do Lar Padilha e demais interessados no projeto.

“Precisamos destacar a importância desse tipo de projeto na transformação de vida dos adolescentes. Essa ação vai gerar qualificação, experiência e conhecimento para que esses jovens possam ter sucesso profissional e pessoal. Fica nosso agradecimento a toda equipe da Calçados Padilha. Que outras portas possam se abrir a partir desse momento”, pontuou Fernandes Vieira do Santos, diretor do Lar Padilha.