Escola Vovó Mina é inaugurada em Taquara e em formato pioneiro na educação pública

EMEI está localizada na rua Júlio Kohlrausch, 8882, em Padilha
Publicado em 19/08/2021 09:23 | Atualizado em 19/08/2021 18:08 Off
Por Cleusa Silva
Fotos: Divulgação/Ruan Nascimento

Localizada em um imóvel da Estrada Padilha Velha, no distrito de Padilha, no interior de Taquara, a Escola Municipal de Educação Infantil (EMEI) Guilhermina Möller – Vovó Mina, foi inaugurada na quarta-feira (18), e tem a proposta de seguir um formato pedagógico pioneiro na educação pública – a metodologia Reggio Emilia, criada em uma região de mesmo nome no norte da Itália, e que visa observar o que as crianças sabem e planejar espaços para estimular as experiências dos alunos, tornando a aprendizagem significativa.

Durante a solenidade, a prefeita Sirlei Silveira, que é pedagoga por formação e professora e diretora por 35 anos na rede pública, reforçou a importância deste novo formato de ensino.

“Os primeiros anos de vida são importantíssimos para o aprendizado e a formação dos nossos valores morais e de caráter. O ensino precisa mergulhar no lúdico, no mundo dos brinquedos educativos, mas também necessita ter a conexão entre escola e pais. Todos somos responsáveis pelo sucesso na educação”, destacou, ao lembrar que o espaço possibilitará desenvolver práticas pedagógicas integradas ao meio ambiente, uma vez que possui gramado e árvores frutíferas. 

Conforme a prefeitura de Taquara, o imóvel foi cedido em comodato, pelo prazo de quatro anos, pelo presidente do Legislativo, o vereador Adalberto Soares, sem ter custos de locação para o Município. Na residência viveu o casal Alfoncina Soares Roht e Arlindo Roth, tios de Adalberto.

“A tia Alfoncina era uma pessoa querida por todos da comunidade e se aposentou como merendeira da Escola Júlio Maurer. Conselheira das crianças, de sua casa ninguém saía sem ganhar doces e até mesmo um dinheirinho, como ela dizia. Sorridente sempre, não tinha tristeza com ela. Também era muito religiosa, carregava Deus no coração. Com certeza, está lá no Céu feliz por este momento tão especial de sua antiga morada se tornar uma escola infantil”, compartilhou o presidente da Câmara de Vereadores de Taquara.

Metodologia Reggio Emilia

Segundo Andréia Reis, diretora da Secretaria Municipal de Educação, Cultura e Esportes (Smece) de Taquara, após a Segunda Guerra Mundial, as famílias que viviam na localidade de Reggio Emilia colaboraram com os educadores para o desenvolvimento de um sistema público único de educação infantil. Hoje, esta metodologia é considerada uma referência mundial na abordagem para as crianças.

“É uma maneira de observar o que as crianças sabem, têm curiosidade e o que as desafia. Os professores observam as crianças, tendo uma escuta sensível, e planejam intencionalmente vários espaços para estimular as experiências dos alunos, tornando a aprendizagem significativa”, explica Andréia.

O educandário também terá mais espaço para que as famílias sejam agentes para pensar sobre o seu lugar e as melhorias daquele contexto, como complementa a secretária de Educação, Cultura e Esporte, Carla Silveira.

“Entendemos que, para além do atendimento e do número de vagas, vai ter o envolvimento de toda a comunidade escolar em prol do desenvolvimento das crianças”, comenta Carla.

Ela destaca ainda que o local já era um ponto de visitação da comunidade antes mesmo da sua abertura.

“As pessoas passam na frente e querem entender por que há coisas diferentes na escola, como voais, tecidos e cabanas, porque a metodologia que será aplicada atrai e une a comunidade escolar”, relata a secretária de Educação de Taquara.

Segundo a coordenadora pedagógica da EMEI Vovó Mina, Cassandra Lima de Souza, a escola será um importante lugar de aconchego aos pequenos.

“As crianças vão ter muito espaço para se desenvolverem, e vão poder brincar com a natureza, inclusive. Estamos muito ansiosos para receber os alunos”, frisa Cassandra.

Assim como na EMEI Vovó Mina, o método Reggio Emilia também será aplicado em outras escolas de Educação Infantil do Município. Andreia complementa que, nos próximos dias, será dado início a esta abordagem também na EMEI Vovô Benjamim, localizada no bairro Eldorado, e na EMEI Vovó Celita, no distrito de Pega Fogo.

A EMEI Vovó Mina está localizada na rua Júlio Kohlrausch, 8882, em Padilha. A escola atenderá crianças de quatro meses até os quatro anos e 11 meses, com 35 vagas.

>> Deixe sua opinião: