Estado lança campanha para prevenção de acidentes na ERS-239

Ações integradas orientam motoristas e pedestres a utilizar a rodovia com segurança.
Publicado em 09/11/2021 23:06 Off
Por Vinicius Linden
Diretor-presidente da EGR, Marcelo Gazen apresentou materiais com orientações a motoristas e pedestres – Foto: Raphael Nunes / Ascom Selt

O governo do Estado – por meio da Secretaria de Logística e Transportes (Selt) e da Empresa Gaúcha de Rodovias (EGR) – lançou nesta terça-feira (9/11), em Porto Alegre, uma campanha para prevenir acidentes na ERS-239. A partir da frase “Com a sua colaboração, todo mundo chega bem em casa”, as peças publicitárias buscam conscientizar a população por meio de dois pontos de vista: do motorista e do pedestre. Spots de rádio, anúncios em jornais, outdoors, flyers e outros meios de divulgação reforçam a necessidade de evitar comportamentos imprudentes no trânsito, como o não uso do cinto de segurança, a embriaguez ao volante e o desrespeito aos limites de velocidade.

Para o secretário de Logística e Transportes, Juvir Costella, o sucesso da iniciativa depende da integração entre comunidade e poder público. “Essa campanha é de nós todos, por isso queremos conclamar a sociedade a espalhar essa mensagem e, com isso, criar uma corrente de conscientização no sentido de preservamos as vidas dos usuários dessa importante rodovia”, destacou.

De acordo com o diretor-presidente da EGR, Marcelo Gazen, a estatal seguirá realizando serviços de manutenção na rodovia, mas a colaboração da sociedade é fundamental para coibir acidentes. “Desde o início de 2020, já aplicamos mais de R$ 25 milhões na ERS-239, priorizando a pavimentação da pista e reforço da sinalização. Além disso, está em vias de concessão à iniciativa privada, o que viabilizará investimentos mais significativos”, disse. “No entanto, entendemos que a relação dos acidentes com a imprudência mostra a necessidade de nos unirmos nesta campanha”, concluiu.

Segundo o Comando Rodoviário da Brigada Militar (CRBM), de janeiro a outubro deste ano, 24 pessoas perderam a vida na ERS-239. Todas as mortes tiveram como causa atitudes de risco, como excesso de velocidade e travessia em condições perigosas. “Em uma operação realizada com a EGR em outubro passado, autuamos, em apenas dois dias, mais de mil condutores que dirigiam acima da velocidade permitida”, informou o comandante do 3º Batalhão Rodoviário da Brigada Militar, Leandro Arbogast da Cunha. “Precisamos que a população faça a sua parte e atenda às recomendações da campanha para um trânsito mais seguro”, acrescentou.

Após a apresentação das ações, prefeitos e vereadores de Novo Hamburgo, Campo Bom, Parobé e Araricá dialogaram com o diretor-presidente da EGR sobre possíveis melhorias na infraestrutura da ERS-239. Em breve, outro encontro deverá ser marcado entre o dirigente e as líderes locais.

>> Deixe sua opinião: