Cultura e Lazer Geral
  COLECIONARTE

Expositores e público do 7º Colecionarte de Igrejinha comemoram a retomada do evento em formato presencial

Cerca de 60 expositores apresentam mais de 200 coleções aos visitantes do evento
Fotos: Cleusa Silva/Rádio Taquara

Realizado tradicionalmente no terceiro final de semana de maio, como forma de abrir a programação de aniversário de Igrejinha, o Colecionarte volta a ser realizado em formato presencial, para a alegria dos expositores e do público interessado em vender, trocar ou adquirir itens de coleção. Sem poder ter sido realizado em 2020 e promovido de forma virtual em 2021, em função da pandemia do coronavírus, o evento chega em sua sétima edição prometendo surpreender a todos pelo número de colecionadores e pela variedade de itens expostos.

Responsável pela organização do Colecionarte desde sua primeira edição, quando era coordenador administrativo da Fundação Cultural, o secretário de Turismo e Cultura de Igrejinha, Juliano Müller de Oliveira, que também é colecionador dos gibis “Nosso Amiguinho”, conta que o evento surgiu em 2014, a partir de uma parceria entre a associação de colecionadores e a prefeitura de Igrejinha, sendo pioneiro na região como um encontro de multicolecionadores.

“Nós já tínhamos eventos de colecionadores sendo promovidos em outras cidades, como do Clube de Filateísmo e Numismática de Taquara, muito conhecido na região e com bastante tempo de estrada, mas que promoviam encontros apenas para este tipo de segmento, além de outros eventos específicos para cada segmento. E nós fomos pioneiros em juntar todos os segmentos em um único evento, surgindo então o conceito do multicolecionismo aqui na região. E talvez essa tenha sido a garantia de sucesso do Colecionarte desde a sua primeira edição”, analisa Juliano.

Acompanhando o primeiro dia do 7º Colecionarte de Igrejinha, a reportagem da Rádio Taquara conferiu as mais de 200 coleções apresentadas por cerca de 60 expositores, de Igrejinha, Canoas, Porto Alegre, Três Coroas e outras cidades do Estado, observando a variação de idade entre os colecionadores, como das jovens Eduarda Yasmin Velho e a Manuela Crippa da Rosa, de 14 anos, moradoras de Igrejinha que há dez anos colecionam miniaturas dos personagens da Turma da Mônica, da Disney, Twozies, entre outros brinquedos.

“Comecei a me interessar por colecionar brinquedos por volta dos quatro anos, quando minha mãe me deu de presente uma boneca da Branca de Neve. Depois vieram outros personagens da Disney, brindes do McDonald’s e a coleção só foi aumentando”, conta a adolescente.

Tendo como meta completar a coleção de Twozies, que são lindos bebês com seus animais de estimação, Manuela relata como ela e Eduarda fazem para aumentar suas coleções.

“A gente costumava comprar nossas miniaturas em lojas de brinquedos aqui de Igrejinha e na região. Mas, a medida que fomos aumentando a coleção, foram surgindo dificuldades para encontrarmos novos itens. Hoje procuramos novidades pela internet, em sites específicos para colecionadores de brinquedos ou no Mercado Livre”, explica a jovem colecionadora.

Espalhados pelo ginásio do Parque de Eventos Almiro Grings, o Parque da Oktoberfest, os alunos da rede municipal de ensino de Igrejinha observavam atentos cada coleção exposta, ou se divertiam na praça de alimentação ou nos brinquedos infláveis montados no local.

“É muito legal ver todos esses objetos que tem aqui, principalmente aqueles mais antigos, como as camisetas de times de futebol, as garrafas de Coca Cola, livros e gibis, ônibus em miniaturas, discos e fitas cassete, bicicletas e brinquedos dos anos 80, entre outros itens”, comemora Mariana Censi, de 10 anos.

“Eu também tenho uma coleção em casa, de pedras. Eu coleciono ametista, pedra da lua e alguns tipos de cristais. Comecei a juntar elas em uma caixinha porque acho muito bonito esse tipo de pedra, mas não tenho ideia de quantas eu já tenho guardadas”, revela Amanda Garcia dos Santos, de 10 anos.

O 7º Colecionarte de Igrejinha, que pode ser visitado até domingo (15), deverá ter ainda a participação da Tcherveja, associação de colecionadores de itens relacionados a marcas de cervejas, como copos, bolachas, garrafas, jaquetas, entre outros itense do Conselho Jedi, grupo de fãs dos filmes da saga Star Wars.

“Olhado desde a primeira edição do Colecionarte, a cada ano o evento vem galgando novos degraus, tanto de público quanto de crítica. Somos hoje um evento reconhecido estadualmente entre os expositores, principalmente pela organização que conta com o apoio dos integrantes do Lions, Desbravadores, Aventureiros e Escoteiros na monitoria. E no ano que vem, se for do interesse dos expositores, poderemos expandir o evento para um espaço ainda maior”, confidencia o secretário de Turismo e Cultura de Igrejinha.

Com entrada gratuita, o 7º Colecionarte de Igrejinha pode ser conferido no ginásio do Parque de Eventos Almiro Grings, no sábado, das 9h às 19h, e no domingo das 9h às 17h.