Faccat e prefeitura de Taquara incentivam a destinação do imposto de renda para entidades sociais

Campanha é voltada para pessoas físicas, que podem destinar até 6% do imposto de renda
Publicado em 03/12/2021 16:50 Off
Por Cleusa Silva
Fotos: Cleusa Silva/Rádio Taquara

Desenvolvida desde 2010, pelo curso de Ciências Contábeis das Faculdades Integradas de Taquara (Faccat), a campanha “IR = Imposto de Responsabilidade Social” já repassou milhares de reais para as entidades sociais do município. Este ano, para reforçar a importância desta ação, a prefeitura de Taquara se uniu a Faccat na divulgação da campanha e, na próxima semana, a prefeita Sirlei Silveira fará uma live para explicar a toda a comunidade mais detalhes sobre esse repasse do imposto de renda.

Durante reunião realizada em seu gabinete, na manhã de quinta-feira (02), a prefeita de Taquara destacou a importância desta campanha, que possibilita aos contribuintes de Taquara destinar parte de seu imposto de renda em ações e projetos voltados às crianças e adolescentes do próprio município.

“Não adianta planejar concursos para aumentar o efetivo da Brigada Militar, e nem construção de presídios, se nós não cuidarmos das nossas crianças e dos nossos adolescentes. O segredo é cuidarmos dos pequenos, pois um pequeno acolhido, na maioria das vezes, vem para o caminho do bem”, destaca Sirlei.

O vice-diretor administrativo-financeiro da Faccat, Sérgio Nikolay, que até março deste ano também era o coordenador do curso de Ciências Contábeis, explicou que a campanha é voltada para pessoas físicas, que podem destinar até 6% do imposto de renda (IR), e é desencadeada com base em quatro pilares.

“Primeiro o esclarecimento, para todo mundo saber como funciona essa destinação do imposto de renda, que não é uma doação dos 6%, mas sim uma destinação de recursos do governo federal aos municípios. Segundo a conscientização, que é levar essa informação ao alcance de todos. Em seguida, o efeito multiplicador e, por fim, a prestação de contas”, informa Nikolay.

Para o auditor da Receita Federal, Roberto Bellini, essa destinação dos 6% do imposto de renda para as entidades sociais do município é uma forma de exercer a cidadania fiscal, uma maneira que o governo federal possibilita ao cidadão interagir no orçamento da União e destinar essa porcentagem do seu imposto para um determinado fundo municipal.

“Quando a gente começa a ter esse entendimento a gente identifica que, quando a Receita Federal de Taquara faz uma extração das destinações, o total desse dinheiro do governo federal ainda traz um retorno muito ínfimo para a população, mas temos um potencial muito grande que ainda pode ser buscado”, analisa o auditor da Receita Federal.

Para contribuir com a campanha IR = Imposto de Responsabilidade Social, e destinar 6% do seu imposto de renda para a conta do Fundo Municipal da Criança e do Adolescente, vinculado ao Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (COMDICA), os contribuintes precisam fazer sua inscrição até o dia 30 de dezembro, para abater na declaração de 2022.

Ao final da reunião, que contou ainda com a presença de representantes da administração municipal, do COMDICA, de entidades sociais e dos contadores de Taquara, a prefeita Sirlei, o auditor Bellini e o professor Nikolay fizeram a destinação de 6% dos seus impostos de renda, determinando o valor pessoal à uma entidade, através do COMDICA, e reafirmando, assim, a união da Faccat, prefeitura de Taquara e Receita Federal na campanha deste ano.

 “É isto que faz a diferença em Taquara e traz resultados. Pessoas voltando a acreditar que é possível fazer uma boa política e se obter um resultado satisfatório para todos. São essas parcerias que farão a diferença na nossa vida de todos nós, taquarenses”, comemora a prefeita de Taquara.

Na próxima quinta-feira (09), às 17h30min, a prefeita Sirlei, o professor Nikolay e o auditor Bellini irão novamente se reunir, durante uma live que será transmitida pela página da administração municipal, explicando o passo a passo de como os contribuintes de Taquara poderão destinar seu imposto de renda para ser investido em projetos do município.