Feira da Melancia 2022 tem início em Taquara

Solenidade oficial de abertura será no sábado (15), às 9h30min
Publicado em 07/01/2022 14:50 | Atualizado em 07/01/2022 15:53 Off
Por Cleusa Silva
Fotos Magda Rabie/Prefeitura de Taquara

Desde a manhã desta sexta-feira (07), quem passar pela Rua Coberta de Taquara poderá prestigiar a Feira da Melancia e do Milho Verde, no horário das 7h às 19h. Durante o evento, que segue até 31 de janeiro, serão comercializadas melancias ao valor de R$ 5,00 a R$25,00.

Conforme a prefeitura de Taquara, mesmo com a estiagem que prejudicou as plantações, os produtores estão confiantes e esperam vender muitas frutas à comunidade. Como é o caso de Flávia e Eraci, casal que tem em torno de três mil melancias disponíveis para o evento.

“A falta de chuva e os dias de sol muito quente prejudicaram a safra, as melancias estão amareladas, mas por dentro estão bem vermelhas e saborosas. E quem quiser um suquinho bem gelado é só chegar que sai bem fresquinho”, convida a produtora Flávia Geci Cruz.

Durante os dias de semana, haverá a comercialização de melancias inteiras, em fatias e sucos da fruta, também terá à venda melões, morangas, mogangos, mel e chás. Nos sábados e domingos também serão comercializados produtos coloniais da agricultura familiar e dos artesãos taquarenses, como compotas, mel, cucas, pães, bolachas e bolos também estarão sendo vendidos.

A solenidade oficial de abertura da Feira da Melancia 2022 será no sábado (15), às 9h30min. Neste dia, assim como no domingo (16), haverá diversas atrações para os visitantes, como a exposição de antiguidades e máquinas agrícolas, workshops, sapecada do milho verde, shows artísticos, cozinha campeira com a venda de paçocas, café de cambona e feijão tropeiro e cozinha experimental, com receitas de melancia e milho verde. A sapecada do milho verde ocorrerá no sábado (15), às 10h30min e às 16h; e no domingo (16), às 10h30min e às 16h.

A organização da Feira da Melancia e do Milho Verde é da Administração Municipal de Taquara, por meio das secretaria de Agricultura, de Educação, Cultura e Esportes e de Meio Ambiente, além da diretoria de Segurança e Trânsito, Sindicato dos Trabalhadores Rurais, Sindicato Rural do Vale do Paranhana, do Senar e da Emater.