Fixinha diz que prazo do governo para licitação da ponte da 020 é até abril

Deputado falou sobre o projeto de reforma em entrevista à Rádio Taquara.
Publicado em 06/02/2018 16:15 Off
Por Vinicius Linden

Fixinha considera prazo dado pelo governo como “exequível”. Arquivo/Panorama

O deputado estadual João Fischer (PP) comentou, nesta segunda-feira, em entrevista ao programa Painel 1490, da Rádio Taquara, a autorização do Departamento Autônomo de Estradas de Rodagem (Daer) para a reforma da ponte da ERS-020. No final de janeiro, o órgão do governo do Estado autorizou que o edital fosse encaminhado à Central de Licitações do Estado (Celic). Segundo o deputado, o prazo que recebeu do governo gaúcho para a conclusão da licitação é até abril. Depois, as obras deverão ter início na sequência e sua conclusão é prevista em seis meses.

Para Fixinha, este prazo da licitação é considerado exequível e que pode ser aceito, uma vez que uma concorrência deste porte tem 60 dias para acontecer e ainda pode sofrer contestações, o que o deputado acredita que não acontecerá. Fixinha ainda disse que ninguém queria que demorasse tanto tempo para que o conserto da ponte seja providenciado, uma vez que é uma obra emergencial. Mas, Fischer criticou o governo passado do Estado, que não deu andamento à obra.

Na avaliação de Fixinha, todas as forças políticas da região trabalharam para que o conserto fosse autorizado pelo Estado. O deputado relatou mais de 10 reuniões feitas no governo passado e vários outros encontros junto à atual administração. Lembrou que foi necessária a análise pela Assembleia Legislativa de projetos que aliviaram o caixa do governo a fim de propiciar a realização da obra.

Recentemente, o Daer informou que seu conselho de administração aprovou o projeto de reforma da ponte, que será encaminhado à Celic. Contudo, até esta terça-feira, consultada pelo Jornal Panorama, a Celic ainda não havia publicado o edital para a obra junto à ponte. O órgão do governo informou que não há prazo definido para a publicação do documento que escolherá a empresa responsável pela reforma.

Ouça a íntegra da entrevista com o deputado João Fischer, onde fala também sobre o projeto de recuperação fiscal do Estado e a proposta da Prefeitura de Taquara que busca financiamento junto ao Badesul.

>> Deixe sua opinião: