Grupo Laços de Amor de Taquara retoma homenagem às mulheres que enfrentaram o câncer de mama

Programação do grupo ainda inclui um seminário para o dia 13 e o “Chá Rosa”, no dia 21 de outubro
Publicado em 06/10/2021 18:23 Off
Por Cleusa Silva
Foto: Cleusa Silva/Rádio Taquara

Iniciado no dia 14 de agosto de 2019, o projeto “Laços de Amor”, de Taquara, foi criado com o propósito de acolher e orientar mulheres com diagnóstico positivo para o câncer de mama. Para celebrar a vitória dessas guerreiras foi promovida, no dia 1º outubro, na Câmara de Vereadores de Taquara, uma solenidade de homenagem a essas vencedoras, que receberam o certificado de “Mulheres Vitoriosas”.

De acordo com a terapeuta e idealizadora do projeto, Márcia Resser, a ideia de criar o Laços de Amor surgiu durante sua própria experiência com a doença, em 2015, e da importância das pessoas refletirem sobre sua saúde e, mais do que isso, de celebrarem a vida.

Eu passei por câncer de mama, em 2015, e essa descoberta marcou a minha vida, pois neste período eu busquei a saúde o tempo todo. Não pensando em outra coisa, a não ser saúde. Porque eu tinha duas escolhas: eu podia me apropriar de morte ou eu me apropriar de vida. E eu me apropriei de vida. E foi através do que eu passei que veio esse desejo de criar um grupo de apoio para as mulheres que enfrentam essa batalha contra o câncer”, relata Márcia.

Durante seu tratamento, Márcia foi seguidas vezes aos encontros promovidos pelo Instituto da Mama do Rio Grande do Sul (Imama), participando de palestras com profissionais das mais diversas áreas, recebendo todo o apoio tão necessário neste período difícil do tratamento.

“E qauando veio o pensamento de criar esse grupo de apoio em Taquara já surgiu na minha mente esse nome: Laços de Amor. Pois um laço dá a sensação de acolhida, nos deixa enlaçadas”, explica a terapeuta.

Presente durante o evento “Laço Rosa à Mulher Vitoriosa”, ocorrido no Legislativo de Taquara, a prefeita Sirlei Silveira foi convidada para ser a primeira “Madrinha Rosa”, como forma de agradecimento por sua contribuição, quando, ainda vereadora em 2015, criou o projeto de lei, que se transformou na Lei Municipal Nº 5.752, que institui a homenagem anual feita às mulheres vencedoras na luta contra o câncer de mama.

Fotos: Cleusa Silva/Rádio Taquara

“Nós sabemos que, até hoje, muitas pessoas não conseguem dizer a palavra câncer. E eu parabenizo essas mulheres que, ao receberem o diagnóstico da doença, foram em busca da cura. E essa lei municipal não contempla apenas as mulheres que estão curadas do câncer de mama, mas também aquelas que estão no tratamento”, esclarece a prefeita de Taquara.

A homenagem Laço Rosa à Mulher Vitoriosa, que não pode ser realizada no ano passado, em função da pandemia de coronavírus, foi entregue para Adelaide Maria Kirsch, Alexandra Vargas da Silva, Camila Tavares Bauer, Clair da Rosa Furtado, Daniela Corrêa da Silva de Farias, Eliane Mauser Torres, Indiamara Ritter, Irani Moraes da Silva, Juliana Rodrigues, Luciane de Oliveira, Lucineia Leichtveis, Margareth Linden Santos, Maria Carolina da Costa Braun, Marilena Streit, Nelci Maria Zimmer Saldanha, Patricia Rosemari Garcia, Rosa Maria Hermann, Rovana kollet Stacke, Vanesa Santos e Vilma Bergmann.

Ainda este mês, o grupo Laços de Amor tem em sua programação a realização de um seminário, na próxima quarta-feira (13) e o “Chá Rosa’, que ocorrerá no dia 21 de outubro.

Foto: Divulgação/Igor dos Santos
>> Deixe sua opinião: