Hospital Bom Jesus de Taquara segue sem médicos pediatra e traumatologista

Secretaria de Saúde estuda a elaboração de um novo contrato com o hospital
Publicado em 31/08/2021 15:57 | Atualizado em 31/08/2021 16:07 Off
Por Cleusa Silva

Tendo em vista as constantes reclamações feitas por ouvintes e leitores, da falta de médicos pediatra e traumatologista no Hospital Bom Jesus, a reportagem da Rádio Taquara apurou que a casa de saúde taquarense segue, de fato, sem essas duas especialidades.

Durante uma entrevista concedida ao programa Reserva das Cinco, na última quinta-feira (26), a secretária de Saúde de Taquara, Ana Maria Rodrigues, contou que, nessa nova composição de incentivos do Assistir [programa do Governo do Estado visa uma mudança no repasse de recursos estaduais às instituições hospitalares vinculadas ao Sistema Único de Saúde (SUS)], o município deixará de receber R$ 16 mil mensais, que era utilizado para custear as despesas com traumatologia, que tem um custo mensal de R$ 100 mil.

“Não está previsto traumatologia para o Hospital Bom Jesus, dentro desta nova proposta de incentivos. Pelo custo, nós fizemos um levantamento, precisaríamos de R$ 100 mil por mês pra termos um centro de traumatologia, de média complexidade. Neste momento, a nossa referência é Canoas”, informa Ana Maria.

Em relação aos atendimentos voltados às crianças, a secretária relata que o município está tendo dificuldades para contratar pediatras, e que o custo mensal para manter um plantão pediátrico gira em torno de R$ 50 mil a R$ 60 mil. Mas garantiu que o hospital de Taquara tem atendimento pediátrico, só que realizado por médico clínico geral. 

“Estamos discutindo com o hospital um novo contrato com o município. Estamos fazendo um levantamento de custos para então apresentar a proposta à prefeita Sirlei [Silveira], e ao Conselho Municipal de Saúde. Acredito que, em 30 dias, teremos a construção de um novo contrato, baseado inclusive de como vai ficar o tamanho do nosso hospital, a partir dos incentivos que vamos efetivamente receber do Governo do Estado, incluindo atendimentos pediátrico e de traumatologia na região”, destaca a secretária de Saúde de Taquara.

>> Deixe sua opinião: