Geral
  SAÚDE

Igrejinha inaugura Centro Regional de Referência em Transtorno do Espectro do Autismo

Com a implantação do projeto, Igrejinha realizará assistência técnica aos profissionais da área e à rede dos municípios que fazem parte da sexta região de saúde.
Espaço visa a promoção de auxílio para profissionais e familiares de pacientes com o transtorno do espectro autista.
Foto: Divulgação / Gabriela Marmitt

A administração municipal de Igrejinha inaugurou na manhã desta sexta-feira (5/8) a sede  do Centro Regional de Referência – TEAcolhe, projeto instituído pelo governo do Estado do Rio Grande do Sul que visa a promoção de auxílio para profissionais e familiares de pacientes com o transtorno do espectro autista. O serviço conta com uma sala de recepção, três salas de atendimento e uma sala de reuniões para receber os profissionais da saúde.

Com a implantação do projeto, Igrejinha realizará assistência técnica aos profissionais da área e à rede dos municípios que fazem parte da sexta região de saúde: Igrejinha, Três Coroas, São Francisco de Paula, Cambará, Rolante, Riozinho, Taquara e Parobé. O secretário de Saúde de Igrejinha, Vinicio Wallauer, destaca que este é um passo importante na causa. “Temos em nossa cidade e em toda a região diversas famílias com o TEA como uma realidade. O atendimento e acompanhamento de cada caso é fundamental para o desenvolvimento de quem tem o transtorno, por isso, contar com esta sede de referência para toda a região aqui em Igrejinha nos alegra e estimula a continuar buscando oferecer um serviço de qualidade para a comunidade”, afirma o secretário.          

O prefeito de Igrejinha, Leandro Hörlle, espera que as cidades que compõem a 6º região de referência encontrem em Igrejinha as estruturas necessárias para suas necessidades. “Todo o espaço do TEAcolhe em Igrejinha foi pensado para atender de forma adequada as demandas que um centro de referência tem. Sala de reunião e de atendimento serão fundamentais para receber não só familiares, mas profissionais que vierem para cá. Estamos felizes com este passo na saúde pública de Igrejinha, e nossa cidade, sem dúvidas, fará o possível para garantir a melhor estrutura para todos os interessados”, diz Leandro.