Geral
  SAÚDE

Início da obra do Complexo Municipal de Saúde de Taquara é lançado pelo governador do Estado

Novo imóvel terá 1,5 mil metros quadrados
Fotos: Cleusa Silva/Rádio Taquara

Numa solenidade que reuniu diversas autoridades municipais e regionais, ocorrida na tarde desta sexta-feira (22), foi lançado pelo governador do Estado do Rio Grande do Sul, Ranolfo Vieira Júnior, o início da obra do Complexo Municipal de Saúde de Taquara.



Os trabalhos de restauração de algumas partes do imóvel e a construção de uma estrutura nova, totalizando 1,5 mil m², serão custeados com recursos destinados pelo programa gaúcho Avançar na Saúde, e terão o valor total de R$ 2,4 milhões.

Além de abrigar o novo Pronto Atendimento de Taquara, o prédio também sediará espaços para a Saúde da Mulher, a odontologia e a fisioterapia, que hoje estão na Unidade de Saúde Darcy Ribeiro, além de um Centro de Especialidades Médicas, o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), que atualmente está em um prédio alugado pelo Município, e três Estratégias de Saúde da Família, que serão referência para cerca de 11 mil moradores.

Representando os profissionais da área da Saúde, a enfermeira e coordenadora do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) de Taquara, Cíntia Kerschner, comemorou esse novo projeto do Município, que irá agraciar os profissionais da saúde.

“Nós, profissionais da saúde, nos sentimos agraciados com a retomada deste projeto. Aqui teremos um espaço adequado, que irá resultar na melhora da produtividade do nosso trabalho. Isso valoriza o trabalho da enfermagem. E é gratificante saber que, em pouco tempo, nós do Samu também faremos parte disso”, comemora Cíntia.

A secretária Arita falou sobre a nobreza do uso do espaço para os mais diversos tipos de atendimentos.

“Essa obra vai dar vida ao prédio, atendendo a comunidade não só do entorno, mas de todo Município. Este é um momento que faz com que cada um de nós pense que tudo vale a pena quando a alma não é pequena”, refletiu a secretária de Saúde do RS.

O deputado estadual comemorou a conquista de Taquara, mencionando que este resultado é fruto da parceria política, de um governo de gestão que sabe que é preciso administrar do coletivo para o coletivo, e que desenvolve a boa política, que trabalha para a coletividade.

“Fomos atrás de recursos e hoje comemoramos a grande conquista, fruto da união, do esforço coletivo e da sensibilidade. Somos a única cidade a receber um complexo de saúde dentro do programa Avançar, já que o critério era destinar recursos para hospitais. Toda a comunidade está de parabéns. Esta é uma conquista de cada um de nós, que entende que precisamos buscar sempre o melhor”, enfatizou Dalciso.

Em seu discurso, o governador destacou a satisfação que um administrador público sente ao concretizar sonhos e realizar entregas e fez um registro especial a coordenadora do Samu de Taquara, fazendo um relato pessoal.

“Meu irmão mais novo, doutor Luiz Felipe Vieira, é médico e a especialidade dele é cirurgia do trauma. Ele trabalha no Hospital de Pronto Socorro (HPS) e Samu de Porto Alegre. Com isso, quero dizer que conheço muito bem esse uniforme que vocês usam e sei da importância que é o trabalho desenvolvido por vocês”, destacou Ranolfo.

Sirlei destacou que, apesar dos desafios enfrentados em 2021, e das dificuldades resultantes da pandemia da Covid-19 (novo coronavírus), Taquara tem muitos motivos para comemorar, especialmente com os recentes anúncios de recursos estaduais e federais que serão encaminhados ao Município.

“Colocamos uma equipe imponente, importante, séria e valorosa. Que cuidou do recurso público e possibilitou passarmos de 2021 para 2022 com mais de R$ 9 milhões em caixa. […] Este é mais um momento resultante de parcerias, políticas, e de um governo que entende que a gestão precisa ser coletiva para o coletivo”, frisou a prefeita de Taquara.

Parada desde 2016, a obra que inicialmente seria para a construção de uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA) foi retomada nesta sexta-feira e a previsão é de que o Complexo Municipal de Saúde de Taquara seja entregue a comunidade até março de 2023