Mãe da menina Cleo explica que sua familiar se equivocou e cadeira hospitalar ainda será comprada com dinheiro das doações

Equipamento precisa ser sob medida, com apoio de pés, apoio de cabeça e colete que segura o tronco
Publicado em 05/10/2021 12:22 Off
Por Cleusa Silva
Foto: Arquivo Pessoal

Assim que soube da possível alta da Cleo Scheffel Moraes, de dois anos, taquarense que sofreu um acidente por afogamento e ficou com graves danos neurológicos, Nilvia Ew Nunes, madrinha de Carina, mãe da criança, ficou tão aflita em oferecer melhores condições na volta ao lar que procurou a reportagem da Rádio Taquara, solicitando uma cadeira hospitalar. No final da manhã desta terça-feira (05), a mãe de Cleo explicou que houve um equívoco de sua familiar e que essa cadeira ainda será comprada, com o dinheiro da campanha de doação que está sendo realizada pela família.

Após o afogamento, ocorrido no dia 28 de agosto, em sua residência, a criança foi socorrida por um vizinho que a levou até o Hospital Bom Jesus de Taquara, onde Cleo teve uma parada cardiorrespiratória, voltando à vida após sete minutos sem respirar.

A menina então foi transferida para uma UTI pediátrica do Hospital de Pronto Socorro (HPS) de Porto Alegre e, passados 10 dias, a criança foi novamente transferida para o Hospital Moinhos de Vento, onde permanece até o momento.

Conforme Carina, Cleo precisa de uma cadeira específica, que deverá ser fabricada sob medida para ela. Porteriormente, quando não servir mais para a criança o equipamento será encaminhado para doação.

“A cadeira será comprada com o dinheiro da Vakinha, pois é uma cadeira de rodas específica para a Cleo, sob medida, com apoio de pés, apoio de cabeça e colete que segura o tronco”, esclarece Carina.

E quem puder contribuir com o custeio do tratamento de Cleo, que necessitará de diversos tratamentos ao logo de muitos anos em razão das sequelas causadas pela asfixia, deve participar da campanha no Vakinha, site brasileiro destinado a financiar projetos através de doações de seus usuários online, com a hashtag Tudo Pela Cleo (#tudopelaCleo).

A doação, de qualquer valor, deve ser feita apenas pelo link https://www.vakinha.com.br/vaquinha/tudo-pela-cleo, ou então pelo Pix, com a chave tudopelacleo@gmail.com, em nome de Carina Scheffel.

>> Deixe sua opinião: