Meninas vitimadas em incêndio são identificadas em Taquara; prefeitura decreta luto oficial

Sinistro aconteceu nesta quinta-feira (21) no bairro Eldorado; duas primas morreram na ocorrência.
Publicado em 21/10/2021 17:17 | Atualizado em 21/10/2021 17:38 Off
Por Rádio Taquara
Foto: Corpo de Bombeiros de Taquara

As meninas mortas no incêndio ocorrido em uma residência de Taquara, na manhã desta quinta-feira (21), foram identificadas pela polícia. Por volta de 11h10min, o Corpo de Bombeiros Militar de Taquara foi acionado para combater o fogo em uma casa, localizada na rua Pedro Adriano de Oliveira, no bairro Eldorado.

O Corpo de Bombeiros de Parobé também foi chamado para auxiliar no combate as chamas no imóvel, de construção mista, que foi totalmente destruído pelo fogo.

Conforme os bombeiros de Taquara, ao combater as chamas no imóvel, de construção mista, foram encontrados os cadáveres de duas crianças, identificadas pela Polícia Civil como sendo Emanuele Rafaela da Silva Borges, de dois anos, e de sua prima Isabele Rodrigues da Silva, de um ano e meio.

De acordo com informações da Delegacia de Polícia de Taquara, as meninas, e um menino de cinco anos, estariam sob os cuidados de uma tia, que é especial.

O fogo teria iniciado enquanto a mãe de uma das meninas precisou se ausentar por uns instantes, para ir até a residência de uma vizinha ajudar a fazer o almoço. A tia e o menino conseguiram fugir do incêndio, que ainda terá sua causa investigada.

Luto oficial

A Prefeitura de Taquara informou que decretou, durante a tarde, luto oficial de três dias pela morte das duas meninas. Segundo a administração, ao saber da notícia, a prefeita Sirlei Silveira disse ter ficado inconformada com a tragédia. “Externo toda a minha solidariedade à família das crianças vítimas de um incêndio no final da manhã desta quinta-feira. Assim que soubemos do ocorrido, mobilizamos a Secretaria de Obras, que está trabalhando na pavimentação do bairro, para ajudar na contenção das chamas juntamente com os Bombeiros. A Defesa Civil e a Secretaria de Desenvolvimento Social também estão prestando atendimento, e seguiremos auxiliando no que for preciso. Não há palavras para externar nossa dor sobre o ocorrido. Que Deus dê forças à família neste momento!”, destacou.

>> Deixe sua opinião: