Nova escolinha de futsal feminino de Taquara inicia atividades com o apoio da administração municipal

Atualmente, cerca de 50 jovens participam do projeto
Publicado em 07/10/2021 15:34 Off
Por Cleusa Silva
Foto: Divulgação/Kerolin Buss

Criada há aproximadamente dois meses, a escolinha de futsal feminino da União Taquarense de Futsal Feminino (UTFF) está iniciando suas atividades com o apoio da administração municipal de Taquara.

O projeto, totalmente gratuito e voltado a atender meninas de 10 a 17 anos, tem a parceria do Departamento de Esportes, que cede o ginásio do Parque do Trabalhador para os treinamentos semanais aos sábados, e, após as atividades, oferece lanches às jovens atletas.

De acordo com o coordenador de esportes de Taquara, Pedro Gabriel Silva de Almeida, que também coordena as escolinhas da UTFF, a iniciativa propõe disponibilizar o acesso ao futsal feminino nos anos finais da infância e adolescência.

“Nós buscamos oferecer as vivências táticas da modalidade desde cedo, pois a ideia é não só formar atletas, como também torná-las cidadãs. O esporte também tem papel importante no lado social, além da parte competitiva”, destaca o coordenador de esportes de Taquara.

Conforme a prefeitura de Taquara, nesta fase inicial o objetivo da escolinha é garantir que mais garotas participem do projeto. São cerca de 50 jovens que treinam neste momento, e para 2022 a meta é ter 60 inscrições.

“Por enquanto não estamos disputando nenhuma competição, e o nosso foco está em desenvolver a iniciação esportiva das atletas”, completa Pedro.

O coordenador reforça que o momento também é de busca por apoio e patrocinadores, para que ajudem com os custos de equipamentos para os treinos, além dos professores que treinam as alunas.

“Conseguimos despertar o interesse de muitas meninas a participar da escolinha de futsal feminino. E para isso, também precisamos contar com patrocínio. Toda ajuda é bem-vinda, mas é importante entender a abrangência do projeto, e os parceiros são importantes engrenagens para possibilitar o crescimento da modalidade não só em Taquara, mas também em toda a região”, explica o coordenador de esportes de Taquara.

Uma das atletas participantes da escolinha da UTFF é Nicole Monteiro, de 13 anos, que começou a treinar por indicação de sua cunhada, que é atleta da equipe. Ela adorou a iniciativa, destacando a importância de ter perto de casa um time para treinar futsal com outras meninas.

“Gosto muito das aulas. Aprendi muita coisa nestes primeiros meses de projeto. Eu sempre gostei de jogar futsal, e como é muito difícil de encontrar uma escolinha feminina, foi muito legal conhecer o pessoal”, comemora Nicole.

Quem também é aluna assídua da escolinha é Lívia Macedo Carravetta, de 14 anos, que joga desde os oito anos de idade, e deseja virar uma atleta profissional.

“Gosto bastante dos treinos realizados, principalmente os coletivos de condução da bola. Quero aprimorar no esporte e integrar as categorias de base de um grande clube, para quem sabe me tornar uma atleta profissional”, ressalta Lívia.

Interessados em apoiar a escolinha de futsal da UTFF podem entrar em contato pelo telefone (51) 99520-0229, ou através do Facebook (bit.ly/3ljwaY4) e Instagram (instagram.com/uniaotaquarensedefutsal).

>> Deixe sua opinião: