Novo coordenador da 22ª Região Tradicionalista quer incentivar liderança jovem

Ricardo Haag assumiu em janeiro a coordenação nos seis municípios do Paranhana.
Publicado em 27/02/2018 16:10 | Atualizado em 27/02/2018 16:13 Off
Por Vinicius Linden

Novos membros da 22ª Região Tradicionalista foram empossados em recente evento realizado em Rolante. Divulgação

Eleita no final de novembro, a nova diretoria da 22ª Região Tradicionalista (22ª RT) foi empossada recentemente, em evento realizado em Rolante. Ricardo Haag é o novo coordenador, em substituição a Leandro Pacheco, que continua na diretoria. Nesta segunda-feira, Ricardo concedeu entrevista ao programa Painel 1490, da Rádio Taquara, e falou sobre suas metas, junto com o tesoureiro Paulo Machado. Entre as principais iniciativas, está o incentivo à formação de lideranças jovens.

Paulo Machado e Ricardo Haag concederam entrevista à Rádio Taquara. Vinicius Linden/Jornal Panorama

Ricardo contou que sempre gostou do tradicionalismo, mas não exercia funções da área. Com a participação dos filhos nas invernadas, acabou se envolvendo no CTG Passo dos Tropeiros, de Rolante, município em que reside. Com isso, assumiu funções na entidade, como tesoureiro, secretário e patrão. Paulo contou que sua ligação com o tradicionalismo existe desde a década de 70, quando começou a participar, ainda em Taquara, do antigo CTG Lanceiros da Tradição. Machado é um dos fundadores do CTG Sangue Nativo, de Parobé e, após alguns anos afastado das atividades, está retomando sua participação desde o ano passado, convidado pelo ex-coordenador Leandro.

Segundo eles, a 22ª RT é composta de 21 entidades, mais uma em formação, integrando os seis municípios do Vale do Paranhana. Para a organização das atividades, é realizada uma reunião mensal com os coordenadores, a fim de alinhar as ações. São vários os eventos que são acompanhados pela 22ª RT. Neste ano, no final de agosto, um grupo de cavalarianos saíra da região e irá até Esmeralda fazer a busca da Chama Crioula. No dia 1º de setembro, em Igrejinha, haverá a distribuição da centelha para as entidades da região. “Temos procurado, a cada anos, fazer este evento descentralizado, contemplando um município da região”, comentou Ricardo.

Ricardo diz ter muita preocupação com a transição na área tradicionalista, com entidades que têm dificuldades de dar sequência ao trabalho devido à falta de lideranças. Para tanto, ele disse que pretende trabalhar bastante para que os jovens se integrem as atividades visando a assumir cargos de direção. “Queremos incentivar a liderança, lembrando que o próprio grupo de jovens do Movimento Tradicionalista Gaúcho começou na região”, reforçou.

Um dos primeiros eventos deste ano será realizada no dia 7 de abril, com uma tertúlia regional, no CTG Sangue Nativo. O evento, a partir das 20 horas, terá a participação de artistas da região e apresentações das invernadas. A ideia, segundo Ricardo, é integrar os participantes de toda a região.

Coordenadoria Regional – Gestão 2018:

  • Coordenador: Ricardo Haag
  • Vice-coordenador: Leandro Pacheco
  • Secretário: Edmilson Pires
  • Tesoureiro: Paulo Machado
  • Diretora de Cultura: Lisangela Haag
  • Vice-diretora de Cultura: Katya Wingert
  • Diretor Campeiro: Marcelo Moraes
  • Diretor Artístico: Dinomar da Silva
  • Vice-Diretor Artístico: José Luiz Feltes
  • Diretor de Cavalgadas: Enesio Breyer
  • Vice Diretora de Cavalgadas e Assessoria de Divulgação: Luciana Heitelvan
  • Diretor de Esportes: Jair Galdino
  • Diretor Depto. Jovem: Júlio Bartzen de Araújo
  • Assessoria Jurídica: Carla Elisa Behs

Conselho fiscal:

  • Sérgio Hirt
  • Amarildo Groff
  • Paulo Assis Castilhos dos Santos
  • Darli Antônio Rabelo de Souza
  • Marcos Fraga Clemi Pacheco
  • Gersy Vieira De Almeida

Conselho de ética:

  • Beto Santos
  • Joaquim Oliveira
  • Idercial Zambrano
  • Leoveral Goulart Encarnação
  • João Machado
  • Ubiratan Guilherme

Entrevista em vídeo:

>> Deixe sua opinião: