Polícia
  ALIMENTOS APREENDIDOS

Operação realizada em supermercados de Igrejinha resulta na apreensão de mais de duas toneladas de alimentos

Maior parte dos alimentos apreendidos foi doada para os Zoológicos de Gramado e de Sapucaia do Sul
Fotos: Divulgação/Decon-Deic

Realizada na quinta-feira (05), em dois supermercados de Igrejinha, uma operação da Força-tarefa Segurança Alimentar resultou na apreensão de mais de duas toneladas de alimentos em situação irregular.

Durante a ação, promovida por policiais civis da Delegacia de Polícia de Proteção ao Consumidor (DECON/DEIC), agentes do Ministério Público Estadual, da Secretaria Estadual de Agricultura e Pecuária (SEAPDR), do Centro Estadual de Vigilância em Saúde (CEVS), da Vigilância Sanitária Municipal e da Brigada Militar (Batalhão Ambiental), apreenderam, em ação conjunta, a quantia de 2.334 kg de alimentos impróprios para o consumo.

Conforme informações da polícia, ao realizarem a vistoria em dois estabelecimentos comerciais de Igrejinha os policiais civis, membros do Ministério Público e agentes fiscais constataram diversas irregularidades, como expor à venda alimentos vencidos, sem procedência e armazenados de maneira inadequada.

A polícia destaca ainda que praticamente a totalidade dos alimentos apreendidos (2.300 kg) foi doada para os Zoológicos de Gramado e de Sapucaia do Sul para servir de alimentação aos animais.

Segundo o Delegado Joel Wagner, a fiscalização promovida tem por objetivo garantir que alimentos seguros sejam disponibilizados à população, ou seja, próprios para o consumo e benéficos para a saúde.

Os responsáveis pelos estabelecimentos comerciais poderão responder por delito contra as relações de consumo, prescrito no artigo 7°, inciso IX, da Lei n° 8.137/90.

Em caso de conhecimento de irregularidades deste tipo a comunidade pode ligar para o Disque-denúncia, no telefone 0800-510 2828, ou enviar mensagem pelo WhatsApp e Telegram, no número (51) 98444-0606.