Pessoas em situação de rua recebem curso de panificação em Taquara

Ação busca trazer oportunidades de retorno ao mercado de trabalho para público atendido pelo Albergue Municipal
Publicado em 10/08/2021 10:00 Off
Por Alan Júnior
Alunos receberão certificado após a conclusão do curso de panificação
Foto: Ruan Nascimento/Prefeitura de Taquara

Integrantes do programa Ninguém na Rua, da Prefeitura de Taquara, tiveram a primeira aula do curso de panificação nesta segunda-feira, 9 de agosto, realizada no Albergue Municipal. A iniciativa busca fazer com que os envolvidos no projeto tenham acesso ao mercado de trabalho das padarias do Município, quando houver a conclusão do curso.

O curso tem duração de três dias, totalizando uma carga horária de 24 horas, e é promovido pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar). De acordo com o secretário de Desenvolvimento Social e Habitação, Maurício Souza, o público-alvo das aulas de panificação são pessoas em situação de rua que estão em tratamento contra o álcool e drogas. “A adesão foi automática no momento em que eles souberam do curso. Eles estão muito interessados em aprender uma nova profissão e a se ressocializar na comunidade”, explica.

A iniciativa partiu de uma demanda da Rede Cidadã Empreendedora (RCE-Taquara), formada por órgãos de governo, entidades de classes, clubes de serviços e Sistema S. “Também agradecemos ao Senar por possibilitar a realização deste curso. Iniciativas como esta são fundamentais para oferecermos a melhor assistência para todos os atendidos pelo programa Ninguém na Rua, e assim ajudá-los a se recolocar no mercado de trabalho. E em breve, teremos mais cursos a oferecer também para as famílias atendidas nos nossos demais programas sociais”, comenta a prefeita Sirlei Silveira.

Para os três dias de aulas, os alunos irão aprender na prática sobre como fazer pães, além da aplicação teórica de temas como a importância de se ter uma higiene pessoal adequada para fazer a receita, a pesagem dos ingredientes e preparo da massa, como destaca a instrutora do curso, Anides Krindges, que há 11 anos ministra cursos pelo Senar. “Espero que os alunos aprendam a didática do curso, tanto na teoria quanto na parte prática, que será muito importante, para que ao final das aulas todos saiam capacitados e preparados para as oportunidades que surgirem na área”, esclarece, completando que, ao final do curso, todos receberão certificado de conclusão.

Oportunidade de recomeço

Foram sete inscrições nesta primeira turma do curso de panificação. Um dos participantes é J. M., de 22 anos. Ele busca por sua independência e está acomodado no Albergue Municipal neste momento em função de conflitos com seus familiares. Ele deseja que, com o aproveitamento das aulas, consiga uma oportunidade de emprego. “Tinha muita vontade de fazer esse curso. Já tinha iniciado em outra cidade mas não consegui concluir. Quando me contaram do curso aqui em Taquara, achei a notícia maravilhosa. Estou gostando muito do que aprendi”, afirma.

Ninguém na Rua

O programa Ninguém na Rua é promovido pela Secretaria de Desenvolvimento Social e Habitação de Taquara. Nele, pessoas em situação de rua do Município  são abrigadas no Albergue Municipal durante à noite, e ao longo do dia, são encaminhadas para a realização de oficinas ou tratamento no Centro de Atenção Psicossocial (CAPS). O secretário Maurício explica que o projeto é dividido em três fases. Na primeira, é feito o cadastro de identificação para cada realidade vivida. O segundo passo é fazer o vínculo desta pessoa com o serviço oferecido pelo Município. A terceira etapa é oportunizar a qualificação e ressocialização desta pessoa, para que retome a sua condição de cidadão e assim retornar para a sociedade.

>> Deixe sua opinião: