Geral
  RECONHECIMENTO

Pirisa Piretro recebe medalha da 55ª Legislatura da Assembleia Legislativa

Indicação da empresa taquarense para a homenagem foi realizada pelo deputado estadual Dalciso Oliveira (PSB).
Entrega da distinção ocorrida na sede da Assembleia em Porto Alegre. Foto: Divulgação

A empresa Pirisa Piretro Industrial recebeu, na quarta-feira (15), a Medalha da 55ª Legislatura, entregue pela Assembleia Legislativa do Rio Grande do Sul, através da Comissão de Economia, Desenvolvimento e Sustentabilidade, por indicação do seu vice-presidente, deputado Dalciso Oliveira (PSB). A homenagem institucional da AL reconheceu os 70 anos da empresa considerada um ícone nacional em terceirização de produtos saneantes, reconhecida por inovação e excelência em produtos e serviços no seu setor de atuação. “É o reconhecimento deste Parlamento pela importância da Pirisa, de seus funcionários e colaboradores, para a economia do Vale do Paranhana e gaúcha. Este é o Rio Grande que produz, gera emprego e renda”, destacou Dalciso.

Presente no ato, a prefeita de Taquara, Sirlei Silveira (PSB), município sede da Pirisa, falou do orgulho da empresa, que trabalha, emprega e se preocupa com a sustentabilidade, contribuindo para o desenvolvimento econômico da cidade e da região. “Nosso governo trabalha para valorizar e dar orgulho para quem contribui com os impostos, recursos que aplicamos nas áreas para os quais eles se propõem, que é o atender o bem comum e a coletividade”, frisou.

O CEO da Pirisa, Jorge Unterleider, ressaltou que a homenagem é um marco na trajetória de 70 anos de história da empresa que, segundo ele, começou, literalmente, como uma semente, de piretro, plantada e colhida por agricultores. Às margens da RS 115, a empresa, fundada em 1952, visava o cultivo da flor de piretro. “A Pirisa fazia o processamento das flores e a extração do óleo vegetal, o extrato de piretro, precursor dos ativos naturais produzidos em escala industrial para fabricação de produtos para controle de pragas”, explicou ao lembrar que por muitos anos Taquara foi reconhecida como “a capital da piretro”. Unterleider destacou, ainda, que hoje a Pirisa é uma empresa industrializada, moderna e arrojada, com um parque fabril moderno, maquinários de última geração, times qualificados, e com negócios em todo o país, no Mercosul, na América Central, EUA e Europa. Geradora de empregos, é responsável por 100 famílias.

Dalciso também enfatizou a relevância do tripé composto pelos elementos: emprego, empregado e empregador. “O que seria dos que empreendem se não fossem os que tem o ‘saber fazer’, a mão-de-obra qualificada. E sem esses dois não haveria emprego. Essa engrenagem é que faz o nosso Rio Grande e nosso país se desenvolver. Este é um importante reconhecimento da indústria como uma grande cadeia empregatícia. Ela é formada por pessoas, por trabalhadores, geradora de emprego e renda. A indústria é o grande motor do desenvolvimento do nosso estado”.

O presidente da Comissão de Economia, deputado Zé Nunes (PT), enalteceu o reconhecimento à Pirisa, lembrando que o Brasil e o Rio Grande do Sul não podem abrir mão da atividade industrial, enfatizando a convergência de pensamento para a necessidade da valorização e de políticas públicas permanentes em defesa da indústria.

Estavam presentes na atividade, o CFO da Pirisa, Filipe Lucena, a diretora de Comunicação, Amanda Kappel, e o gestor de negócios, Marco Kurkowski , além do ex-secretário de Desenvolvimento de Taquara, Jefferson Muller.