Polícia acredita que acusados de tentar assaltar loja de armas em Farroupilha sejam os mesmos que assaltaram loja em Taquara

Durante os confrontos, dois acusados foram mortos e outros dois presos pela polícia.
Publicado em 17/11/2021 15:21 | Atualizado em 18/11/2021 11:26 Off
Por Rádio Taquara

Fotos: Divulgação/BM/Frame vídeo

Durante uma tentativa de assalto a uma loja de armas – na cidade de Farroupilha, na Serra Gaúcha – na manhã desta quarta-feira (17), dois criminosos acabaram mortos, após confrontos com a Brigada Militar (BM), e outros dois foram presos. Um policial foi ferido de raspão no rosto, mas não corre risco de morte. A BM acredita que o grupo seja originário da Região Metropolitana e esteja envolvido em outra ocorrência de roubo em loja de armas, em Taquara.

A tentativa de assalto ocorreu na manhã de hoje (17), por volta das 9h, na loja Falcon Armas, na rua Prefeito Baungartner, no bairro Do Parque, em Farroupilha. Quatro criminosos participaram da ação. O estabelecimento é gradeado, não trabalha com as portas abertas. O cliente precisa acionar uma campainha para ser atendido.

Os criminosos chegaram e não conseguiram acesso. A dona da loja disse que avistou o carro chegando pelas câmeras de monitoramento, com homens descendo com camisetas pretas, com a escrita da Polícia Federal e desconfiou.

A empresária então acionou o 36º Batalhão de Polícia Militar (36º BPM) que tem quartel a cerca de uma quadra do estabelecimento. A proprietária referiu que estava sabendo sobre o assalto recente em loja semelhante em Taquara, por isso, estavam atentos.

Confrontos

Ao todo, foram três momentos em que houve troca de tiros entre o grupo e os policiais militares, o primeiro deles em frente à loja. Quando os policiais chegaram, houve troca de tiros e começou uma perseguição até a Avenida Independência, onde aconteceu novo confronto e o primeiro suspeito morreu.

Dois suspeitos foram presos em seguida e os policiais militares continuaram as buscas por um quarto envolvido, que acabou sendo localizado e também foi morto durante confronto. Ele estava no pátio de uma chácara na Rua República. Esse novo confronto aconteceu em um ponto distante cerca de duas quadras da loja, mas em sentido oposto ao primeiro local de enfrentamento. 

Um brigadiano foi baleado de raspão na cabeça e levado para atendimento médico. De acordo com a BM, ele não corre risco de morte. Equipes do Instituto-Geral de Perícias fazem levantamento dos pontos onde ocorreram as mortes. Além do 36º BPM, participaram da ação soldados do 12º Batalhão de Polícia Militar e do 4º Batalhão de Choque, ambos de Caxias do Sul, Bombeiros Militares e a Polícia Civil.

>> Deixe sua opinião: