Polícia Civil prende homem investigado pela prática de crimes contra o patrimônio em Três Coroas

O indivíduo e seu bando agem em toda a região das Hortênsias, Paranhana, Campos de Cima da Serra e Litoral
Publicado em 09/02/2018 09:34 | Atualizado em 09/02/2018 23:59 Off
Por Alan Júnior

Agentes das Delegacias de Polícia de Três Coroas e Canela, coordenados pelos delegados Ivanir Caliari e Vladimir Medeiros, deram cumprimento na cidade de canela a mandados de busca e apreensão e de prisão preventiva, na manhã desta sexta-feira (09),
medidas decretadas contra J.L.S., de 50 anos. O indivíduo é investigado pela autoria de furto qualificado por arrombamento a residência, fato ocorrido no dia 6 de janeiro, em um imóvel localizado no centro de Três Coroas.

Durante o curso da investigação, a polícia apurou que o preso garimpa informantes e lhes dá a tarefa de observar e repassar informações referentes à movimentação dos moradores. Sempre escolhem pessoas com poder aquisitivo alto e passam a monitorar, como no fato específico de Três Coroas. A família estava na praia, oportunidade esta que facilitou a ação delituosa.

Segundo o delegado Caliari, o homem preso é o líder da organização criminosa especializada em efetuar furto/arrombamento a residências, caixas eletrônicos, cofres, entre outros. A polícia informou que o preso tem vasta ficha criminal, sendo que ultimamente migrou da prática de roubo para furtos, delito que tem pena mais branda.

“Seguimos com a investigação buscando identificar os demais autores que participaram do furto ao imóvel na cidade. A prisão deste indivíduo se faz necessária e busca manter a garantia da ordem pública, tendo em vista que, durante a investigação policial, apuramos que a quadrilha arquitetava outros furtos nesta cidade, sendo que inclusive já tinham sido repassados detalhes do imóvel alvo. O bando age em toda a região das Hortênsias, Paranhana, Campos de Cima da Serra e Litoral. Inclusive já recebemos informações de crimes praticados por eles no estado de Santa Catarina”, destacou Caliari.

O delegado Vladimir Medeiros, que responde pela DP de Canela, destacou também a importância da prisão do investigado, na medida em que há suspeita que ele tenha praticado diversos furtos mediante arrombamentos no município. Além desse acusado, já foram identificados e inquiridos no curso do inquérito policial alguns receptadores, bem como o responsável por fornecer informações privilegiadas ao grupo criminoso. A atual companheira de J.L.S. também é investigada por associação criminosa, sendo conduzida à delegacia onde irá ser interrogada.

>> Deixe sua opinião: