Polícia
  INVESTIGAÇÃO

Polícia Civil prende padrasto acusado de matar enteado em Rolante

Homem alegou legítima defesa, mas a polícia colheu novos elementos para subsidiar pedido de prisão preventiva.
Foto: reprodução / redes sociais

Foi preso, no início da noite desta sexta-feira (22/4), o homem acusado do homicídio contra Alã da Silva Machado, 19 anos. O crime ocorreu na noite do último sábado (16/4), em Rolante, por volta das 22h30min, no bairro Santo Antônio, às margens da ERS-239. O acusado é o padrasto da vítima, que, segundo a polícia, admitiu a autoria do crime.

Conforme as investigações, na noite dos fatos, o acusado chegava em casa com seu carro, quando teve início uma discussão com a vítima porque a estrada que dava acesso à residência estava bloqueada por um veículo. O jovem confraternizava com amigos no local naquele momento. Segundo a polícia, após discussões, o investigado efetuou disparos de arma de fogo contra a vítima, que foi socorrida, levada ao hospital, mas não resistiu.

O delegado Vladimir Medeiros comandou a apuração e informou que o acusado chegou a se apresentar prestando declarações na presença do seu advogado. O homem disse que agiu em legítima defesa, fugindo do local dos fatos após os disparos e ter dispensado a arma do crime em um rio das proximidades. Acabou não sendo preso em flagrante, devido à legislação, uma vez que já não estava mais em situação de flagrante.

A Polícia Civil informou que o inquérito apurou não ter ocorrido legítima defesa, e que havia um histórico de agressões e ameaças contra a vítima. O delegado Medeiros explicou que a polícia obteve o mandado de prisão do acusado junto à Justiça de Taquara, que possui jurisdição em Rolante. O homem, que não teve seu nome divulgado, foi preso em Canela e encaminhado ao sistema prisional.