Prefeita Sirlei recebe a Chama Crioula na abertura das comemorações Farroupilhas

Centelha foi repassada para entidades tradicionalistas de todo o Vale do Paranhana.
Publicado em 07/09/2021 17:48 Off
Por Vinicius Linden
Prefeita Sirlei, Edna e Carla receberam a centelha do tradicionalista Marco Aurélio Angeli.
Foto: Cris Vargas/Prefeitura de Taquara

A cidade-mãe do Vale do Paranhana acendeu, na tarde desta terça-feira (7), a Chama Crioula, marco inicial do movimento tradicionalista organizado e também pontapé das comemorações Farroupilhas. Anfitriã do evento, a prefeita de Taquara, Sirlei Silveira, recebeu a centelha juntamente com a coordenadora da 22ª Região Tradicionalista, Carla Elisa Behs, acompanhadas dos prefeitos de Igrejinha, Leandro Horlle, e de Parobé, Diego Picucha, e representantes de Três Coroas, Rolante e Riozinho.

Em 2021, o tema estadual dos Festejos Farroupilhas é “Caminhos de Anita”, homenageando os 200 anos de nascimento de Anita Garibaldi. Durante o acendimento da chama, houve a homenagem a Edna Fischborn por seu envolvimento com a cultura gaúcha. Edna já foi 1ª prenda do Grupo de Artes Nativistas (GAN) Ciranda, 1ª prenda do CTG Sangue Nativo e 1ª prenda da 22ª RT na gestão de 1995 a 1996, entidade a qual também atuou como diretora cultural, além de diretora de Cultura Interna do MTG em 2010. A homenageada é viúva do empresário taquarense José Roberto Fischborn, incentivador do tradicionalismo na região e ex-coordenador da 22ª RT, falecido neste ano vítima da Covid-19.

Durante seu pronunciamento, a prefeita Sirlei Silveira reforçou o poder de união que traz o tradicionalismo, congregando a comunidade em prol da cultura gaúcha. “Muito orgulho por reunirmos aqui em Taquara prefeitos e representantes de todo o Vale do Paranhana para juntos iniciarmos as comemorações dos Festejos Farroupilhas. É mais um exemplo de que unidos podemos construir uma região mais forte que preserva as suas raízes.” O acendimento da Chama Crioula marca, também, o término das celebrações pelo 7 de Setembro.

>> Deixe sua opinião: