Geral
  MAIS SEGURANÇA

Prefeitura de Taquara destina mais de R$ 75 mil para auxiliar as forças de segurança

Recursos serão repassados à Polícia Civil, Presídio Estadual e Polícia Rodoviária
Foto: Cris Vargas/Prefeitura de Taquara

Com o objetivo de auxiliar nos serviços que são prestados pelas forças de segurança pública do município, a prefeita de Taquara, Sirlei Silveira, assinou, na terça-feira (19), a autorização de repasses ao Conselho Comunitário Pró-Segurança Pública de Taquara (Consepro), no valor total de R$ 76.866,27.

Os recursos, concedidos durante uma reunião com o presidente do Consepro, Daniel Lauck, serão destinados para a compra de um drone para a Polícia Civil do Município, a compra de uma roçadeira para o Presídio Estadual de Taquara, e o financiamento da manutenção e de reformas na infraestrutura do prédio da Polícia Rodoviária Estadual.

Conforme a prefeitura de Taquara, o custo orçado para a aquisição do drone é de R$ 33.790,00, que será utilizado nos trabalhos de investigação dos agentes da Polícia Civil. Para o Presídio Estadual de Taquara, o repasse será de R$ 3.270,00, para a compra de uma nova roçadeira, bem como o conserto de uma antiga máquina que precisa de manutenção, com o objetivo de auxiliar na limpeza da área externa da casa de detenção. E a quantia destinada para a Polícia Rodoviária Estadual é de R$ 39.806,27, valor que será usado para reformar as instalações do local onde os policiais trabalham.

Durante a reunião, em que autorizou a destinação dos valores aos órgãos de segurança pública, a prefeita Sirlei ressaltou a importância do repasse para a compra do drone.

“Somos uma Administração parceira da segurança pública. Estamos empenhados em colaborar com a redução dos índices de criminalidade no Município, possibilitando investimentos em equipamentos, melhorias na estrutura dos locais onde os agentes trabalham, entre outras medidas. Isso auxiliará a comunidade a se sentir mais segura”, frisa a prefeita de Taquara.

Para o procurador jurídico do Município, Thiago Feltes Marques, o apoio à segurança pública é uma política necessária, sendo uma função da União, dos Estados e dos Municípios, a fim de auxiliar as forças estatais de acordo com as necessidades apresentadas.

“Diante disso, o Município, dentro de suas possibilidades, busca contribuir com esta área para garantir aos cidadãos o fortalecimento da integração institucional e a melhoria da prestação de tão importante serviço público”, salienta Thiago.