Prefeitura de Taquara e Faccat firmarão parceria para instituir Incubadora Tecnológica

Projeto de lei prevendo a iniciativa foi aprovado pela Câmara de Vereadores.
Publicado em 26/10/2021 20:20 Off
Por Vinicius Linden

A Câmara de Vereadores de Taquara aprovou, nesta terça-feira (26), projeto de lei que autoriza a Prefeitura a firmar parceria com as Faculdades Integradas de Taquara (Faccat) para instituir uma Incubadora de Empresas de Base Tecnológica. A iniciativa, segundo o projeto submetido ao Legislativo pela prefeita Sirlei Silveira (PSB), visa a desenvolver a atividade inovadora, voltada a todos os setores econômicos. A proposta foi aprovada por unanimidade.

O termo de cooperação visa a concessão de espaço físico para empresas incubadas, bem como incentivos municipais, respeitada a legislação em vigor. Prevê, também, o compartilhamento de laboratórios, equipamentos, instrumentos, materiais e sistemas.

Segundo a lei, o processo para concessão de incentivo às empresas incubadas se dará através de edital público, processo seletivo ou demanda dirigida, podendo participar pessoas físicas ou jurídicas, individualmente ou em grupo. “A tecnologia altera velozmente o mundo atual, realizando transformações que até pouco tempo eram impensáveis e que impactam significativamente a vida das pessoas, que passam a utilizar novos conceitos e inovações no seu cotidiano, abandonando ou aprimorando antigos métodos e práticas”, diz a prefeita.

“Neste contexto, os setores econômicos também são atingidos, pois a mudança acontece de forma ampla e irrestrita, fazendo com que as relações produtivas, comerciais ou de serviços se alterem, levando inclusive à obsolescência de produtos e profissões, a partir do surgimento de novos formatos e tecnologias”, acrescenta Sirlei.

A prefeita ressalta ser evidente a revolução digital e explica que a cooperação visa, num primeiro momento, contemplar espaço em parceria com a Faccat visando o oferecimento de um ambiente propício para a criação, desenvolvimento e compartilhamento de informações. Busca, ainda, a formação de parcerias entre os ocupantes que propiciem melhor rendimento à utilização do espaço.

>> Deixe sua opinião: