Prefeitura de Taquara estima economizar R$ 100 mil ao ano com tanque próprio para abastecimento de óleo diesel

Projeto de lei solicita a autorização para a contratação de dois frentistas
Publicado em 13/10/2021 15:43 | Atualizado em 13/10/2021 23:15 Off
Por Cleusa Silva
Foto: Divulgação/Magda Rabie

Instalado no pátio da Secretaria de Obras, Serviços Urbanos, Mobilidade e Trânsito de Taquara, e com previsão de funcionamento para daqui a algumas semanas, o tanque de abastecimento de óleo diesel próprio, que será utilizado para veículos da Administração Pública, tem previsão de gerar, anualmente, uma economia de mais de R$ 100 mil aos cofres públicos, sem considerar futuros reajustes do combustível nas refinarias.

O cálculo, feito pelo setor de Compras e Licitação, levou em consideração a quantia que foi gasta pelo Município em óleo diesel em 2020, foram consumidos 327.800 litros. Se esse montante fosse aplicado ao preço de bomba do combustível, na última semana de setembro, cuja média era de R$ 4,42 o litro em Taquara, para se ter uma estimativa atualizada, a Prefeitura teria gasto R$ 1.449.053,60.

Com o tanque próprio, o Município abriu licitação para contratar a compra de óleo diesel direto de fornecedores, dispensando a intermediação de postos de combustíveis, conseguindo uma redução do preço do litro para R$ 4,02.

Com base neste valor, se o Município consumir o mesmo número de litros no decorrer de 12 meses em relação a 2020, gastaria R$ 1.317.756,00, uma diferença de R$ 131 mil na comparação ao que seria gasto se continuasse adquirindo o combustível de terceiros.

Contratação de dois frentistas

Para poder ter um controle sobre os veículos abastecidos, a Prefeitura de Taquara enviou para a Câmara de Vereadores projeto de lei autorizando a contratação de dois frentistas. No entanto, o Município fará a efetivação apenas de um, o outro será cadastro reserva.

Mesmo com a contratação deste profissional, que trabalhará 40 horas semanais, a instalação do tanque próprio pelo Município continua sendo vantajosa financeiramente, uma vez que os gastos trabalhistas serão de R$ 22.454,51 ao ano, com todos os encargos patronais.

“Estamos construindo uma bacia de contenção e a pista para abastecer veículos de grande porte como ônibus, unidades móveis, caminhões e maquinários pertencentes às secretarias de Educação, Saúde, Agricultura e Obras. A previsão é que em 15 dias o tanque esteja em funcionamento”, observa o secretário responsável pela pasta, Bruno Cardoso.

Já os custos para a implantação da bacia de contenção e a pista de abastecimento, com as caixas separadoras de óleo, totalizou R$ 21.178,02, valores que serão investidos uma única vez pelo Município.

Controle do abastecimento

Segundo Bruno, o monitoramento de fornecimento de óleo diesel será realizado por sistema de controle, ao qual serão incluídos todos os abastecimentos na ficha de cada veículo.

“Além de obter maior controle do abastecimento diesel da frota municipal, com esta iniciativa o Poder Executivo está prezando pela economicidade dos serviços públicos”, afirma o secretário de Obras de Taquara.

>> Deixe sua opinião: