Prefeitura de Taquara se mobiliza para o recadastramento de moradores beneficiários do Bolsa Família

Programa de transferência de renda do Governo Federal será substituído em novembro pelo Auxílio Brasil
Publicado em 27/08/2021 09:57 Off
Por Alan Júnior
Foto: Cris Vargas/Prefeitura de Taquara

Começa em setembro a atualização cadastral de moradores de Taquara que atualmente são beneficiários do Bolsa Família. A medida é uma exigência do Ministério da Cidadania, do Governo Federal, para que os dados destas pessoas sejam automaticamente inseridos no Auxílio Brasil, novo programa social de transferência de renda que substituirá o Bolsa Família a partir de novembro.

A Secretaria de Desenvolvimento Social e Habitação (SDSH) do Município será a responsável por organizar o recadastramento dos cerca de 1,4 mil beneficiários do Bolsa Família em Taquara. De acordo com o secretário Maurício Souza Rosa, a atualização dos dados destas pessoas será feita entre setembro e outubro, para ninguém perder o benefício. “O novo programa vai atender exclusivamente a população que recebia o Bolsa Família neste primeiro momento. Para isso, é necessário que todos aqueles que se enquadram dentro dos critérios estejam com o seu cadastro atualizado”, explica.

Os trabalhos envolvem uma equipe de visitadores, que vão até a casa do morador cadastrado para verificação e atualização de seus dados. “Essa medida é o que já fazíamos quando os cadastros estavam por vencer, já que eles precisam ser atualizados a cada dois anos. E agora faremos novamente com uma força tarefa a fim de regularizar a situação de todos”, continua Maurício. Os que não puderem receber um visitador, seja por não estarem em casa no momento ou por alguma questão de saúde, precisarão agendar seu atendimento na Assistência Social de Taquara, na Rua Ernesto Alves, 2785, no Bairro Jardim do Prado.

Serão seis pessoas as responsáveis pelo recadastramento para o programa assistencial em Taquara. A  coordenadora do Bolsa Família, Daiane Jaqueline Machado, a coordenadora do Cadastro Único, Delci Clarice Araújo de Quadros, e a assessora de projetos sociais, Mônica Adriana de Melo, estarão cuidando dos atendimentos na Assistência Social. Já Andriele Araújo da Silva, Cassiane Gonçalves dos Santos e Eder Antônio Duarte Bernardes serão os entrevistadores, que tratarão das atualizações de dados dos moradores em visitas às suas residências. Eles estarão identificados com um crachá do Município ao fazer as atualizações. 

“Essa mobilização é essencial para que ninguém fique para trás e nem perca o seu Auxílio Brasil por causa de uma questão burocrática. Como há uma regra em que haverá uma migração automática do Bolsa Família para o Auxílio Brasil, em caso de cadastro atualizado, também haverá a exclusão do programa para quem não renovou suas informações”, comenta o secretário.

>> Deixe sua opinião: