Preso em Tramandaí segundo acusado de participar da morte e incineração de vítima em Taquara

O indivíduo havia sido solto pela Justiça menos de 24h após ser preso em flagrante; o outro envolvido já está preso
Publicado em 10/08/2021 15:04 Off
Por Rádio Taquara
J.L.O.L, 28, foi preso novamente em Tramandaí, no litoral do RS.

A Brigada Militar (BM) prendeu, em Tramandaí, no litoral norte gaúcho, o segundo envolvido no crime em que um homem foi morto a pauladas e teve seu corpo incendiado, na última quarta-feira (4), em Taquara. Cerca de 3 horas após o crime, a dupla foi presa em uma ação conjunta da Polícia Civil e Brigada Militar de Taquara, porém, o juiz plantonista que atendeu o caso optou por libertar a dupla menos de 24h depois da prisão em flagrante.

De acordo com a BM, alunos da Escola de Formação e Especialização de Soldados da Brigada Militar, em Osório (Esfes/Osório), realizavam patrulhamento, por volta das 17h desta segunda-feira (9), pela avenida Fernandes Bastos, em Tramandaí, quando ao parar na sinaleira avistaram o indivíduo, conhecido como “Prateado”, de iniciais J.L.O.L, de 28 anos, que sabiam ser procurado por envolvimento no crime de homicídio, ocorrido em Taquara.

Durante a abordagem, o indivíduo informou que já havia se apresentado na Delegacia de Polícia de Taquara e havia sido liberado. O suspeito ainda relatou que os policiais teriam fornecido a ele um número de processo, o qual serviria como alvará de soltura. Os soldados desconfiaram da situação e, durante consulta ao sistema informatizado da polícia, constataram que as informações do suspeito não batiam, pois o cidadão constava como foragido.

Diante dos fatos, o indivíduo foi apreendido, sendo encaminhado à Delegacia de Tramandaí, onde foi feito o registro de captura de foragido. O outro envolvido no crime havia sido preso novamente na sexta-feira (6), após decisão expedida pelo magistrado titular da Justiça de Taquara.

Fotos: Divulgação/Polícia Civil

>> Deixe sua opinião: