Geral
  ECONOMIA

Receita Federal ainda aguarda 35% das declarações de IR na região

Até esta quarta-feira (18), 19.919 declarações foram enviadas ao governo federal.

Há 13 dias do término do prazo para a entrega da Declaração de Imposto de Renda Pessoa Física, cerca de 35% dos contribuintes da região ainda não entregaram as informações à Receita Federal. O balanço foi divulgado nesta quarta-feira (18/5) pela Delegacia da Receita em Novo Hamburgo, responsável pelos municípios do Vale do Paranhana.

Segundo os números, são esperadas 30.568 declarações em 2022, das quais 19.919 já foram enviadas, o que corresponde a 65%. Em 2021, a Receita recebeu 29.112 declarações de Imposto de Renda oriundas do Vale do Paranhana. Confira, na tabela abaixo, os dados por município.

Quem não entregar no prazo, paga multa de, no mínimo R$ 165,74. A Receita sugere que não deixe para o último dia, pois o sistema costuma apresentar lentidão devido ao grande fluxo de transmissões. O órgão afirma que medidas para garantir a estabilidade dos sistemas já foram tomadas, mas ainda podem apresentar alterações.

Malha Fiscal

Ao enviar a Declaração de Imposto de Renda, ela passa por uma análise dos sistemas da Receita Federal, onde são verificadas as informações enviadas e comparadas com informações fornecidas por outras entidades (terceiros), que também têm que prestar informações à Receita: empresas, instituições financeiras, planos de saúde e outros. Se for encontrada alguma diferença entre as informações, a declaração será separada para uma análise mais profunda, é o que se chama de Malha Fiscal (ou “malha fina” como é popularmente conhecida).

A restituição não é paga enquanto a declaração estiver em Malha Fiscal, entretanto é possível verificar as informações prestadas e corrigir possíveis equívocos ou omissões transmitindo uma declaração retificadora. Se as alterações forem suficientes, a declaração sai da malha fina e vai para fila de restituição.

Como saber se eu estou em malha?

Para saber se a Declaração está em malha, acesse o e-CAC. Selecione a opção “Meu Imposto de Renda (Extrato da DIRPF)” e na aba “Processamento”, escolha o item “Pendências de Malha”. Lá é possível ver se a declaração está em malha e também verificar qual é o motivo pelo qual ela foi retida. Se a declaração está em malha porque você cometeu algum erro no preenchimento ou deixou de informar alguma coisa, pode fazer uma retificação da sua declaração, desde que ainda não tenha recebido o termo de intimação.