Retrofit: uma nova ‘roupagem’ em prédios antigos e históricos de Taquara – Conheça a Casa Comassetto

Imóvel foi construído por volta do ano de 1925
Publicado em 23/10/2021 23:39 Off
Por Cleusa Silva

Conhecida como retrofit, a revitalização de imóveis antigos ou históricos tem se mostrado uma forma inteligente de preservação do patrimônio cultural, dando uma nova vida a construções antigas e até símbolos dos municípios. Caminhando pela região central de Taquara é possível observarmos alguns casarões antigos que recentemente ganharam uma nova “roupagem”, como a antiga Casa Comassetto, localizada na esquina da rua Tristão Monteiro com a Ernesto Alves.

Conforme o “Inventário do Patrimônio Histórico, Arquitetônico e Cultural de Taquara”, desenvolvido por alunos do curso de História das Faculdades Integradas de Taquara (Faccat), o imóvel foi construído por volta do ano de 1925.

Foto: Acervo Amigos de Taquara

Construído inicialmente para ser a residência de José Júlio Müller, proprietário da Casa Vidal, o imóvel estava localizado num ponto que fazia vizinhança com as terras de João Comassetto, que mais tarde interessou-se e adquiriu o casarão.

Proprietário de um empreendimento de beneficiamento de madeiras, Comassetto utilizou a nova área adquirida para seguir trabalhando na mesma área. A madeira vinha da serra, passava por um processo de separação onde era determinada a sua utilização e, depois do beneficiamento, a madeira de melhor qualidade era destinada para a construção de casas, e a madeira de segunda era destinada para a fabricação de caixas para armanezar cebola e sabão,

Situado em uma localização estratégica num enfoque logístico, o prédio abrigava as toras vindas da serra que, depois de passar por um entreposto para beneficiamente e seleção, eram encaminhadas para diversos locais. Parte das madeiras ficava na cidade e o restante era transportado para cidades da região, incluindo Porto Alegre, escoada via ferrovia ou transporte rodoviário.

João Comasseto viveu ao lado de seu empreendimento de beneficiamente de madeiras, onde também funcionava um estabelecimento de fabricação de esquadrias, e que eram transportadas da mesma maneira, até 1977, quando faleceu.

Construída toda em alvenaria, a Casa Comassetto tem fachada simples e assimétrica, no estilo neo-colonial. Portas e janelas com vidraça tipo vitrine e platibanda cega com detalhes em estuque.

Foto: Acervo Amigos de Taquara

De acordo com Fábio Diefenbach, atual proprietário do imóvel, a última revitalização ocorreu em 2009. O casarão passou por um processo de revitalização, recebendo um telhado novo, mas com as mesmas características do original, além de receber nova pintura.

Na parte interna do casarão, que nos últimos anos está sendo utilizado pela empresa Crisdu Seguros, foram removidas diversas divisórias, criando um espaço amplo e integrado, que permite o acesso e visibilidade de todos os ambientes da empresa, um estilo moderno dentro de um prédio histórico de Taquara.

Fotos: Cleusa Silva/Rádio Taquara

>> Deixe sua opinião: