Rolante se dedica à prevenção de inundações

Desassoreamento do rio Areia começou nesta semana.
Publicado em 29/01/2020 16:56 | Atualizado em 30/01/2020 17:27 Off
Por Rádio Taquara
Fotos: Joel Porto/ Divulgação.

O município de Rolante divulgou nesta semana que trabalha no desassoreamento do rio Areia. O objetivo, conforme a administração, é melhorar a problemática das inundações na região central da cidade e bairro Grassmann, com medidas de caráter de Defesa Civil e utilidade pública. A medida iniciou no ano passado, através da contratação de profissional com experiência neste tipo de intervenção, que também realizou este tipo de trabalho no rio Paranhana.

O Geólogo José Mauro Denardin, contratado pela Prefeitura, elaborou projeto técnico, licenciado para efetuar os trabalhos dentro da lei vigente, apontando posteriormente as medidas de intervenção necessárias. Destaca-se também a participação da Defesa Civil do município que contribuiu na realização da análise e estudo do projeto elaborado.

Estas medidas são classificadas como estruturais e não estruturais. As medidas que atualmente estão sendo executadas são as estruturais, através do melhoramento e/ou remoção de pequenas ilhas e recomposição de margem. Também será executada a remoção de árvores tombadas e recuperação vegetal da mata ciliar.

O trabalho iniciou no dia 27 deste mês junto à foz do rio Areia, onde encontra o rio Rolante. Lá são realizadas intervenções para recuperar o pontal que divide ambos os rios, além de intervenções na margem para fazer com que os rios se encontrem em paralelo, evitando que um rio barre o fluxo do outro, com a recomposição de algumas margens.

O material desassoreado, que por questões técnicas não puder ficar na margem, será removido e colocado em local licenciado, para posterior britagem e uso nas vias públicas. O desassoreamento seguirá subindo o rio Areia de jusante para montante, desde a foz do rio Areia até um ponto acima do CTG.

Posteriormente, a Prefeitura pretende realizar intervenções em outros pontos, inclusive no rio Rolante, sempre buscando minimizar os efeitos das cheias às populações e causar o menor impacto possível no meio ambiente.

>> Deixe sua opinião: