Secretaria de Saúde de Taquara orienta a comunidade sobre a colocação correta de flores nos cemitérios

Objetivo é evitar que as homenagens feitas no feriado de Finados se transformem em focos do mosquito Aedes aegypti
Publicado em 27/10/2021 15:39 Off
Por Cleusa Silva
Foto: Divulgação/Ruan Nascimento

Com o objetivo de evitar que as homenagens feitas no feriado de Finados, em 02 de novembro, se transformem em focos do mosquito Aedes aegypti, causador de doenças como dengue, chikungunya e zika, a secretaria de Saúde de Taquara, por meio da Vigilância Ambiental, está orientando a comunidade sobre a colocação correta de flores e plantas em túmulos.

Para evitar água parada nos pratos dos vasos de flores, os moradores são orientados a fazer furos nos recipientes, e retirar as embalagens plásticas ou de papel celofane. Ao citar as dicas, a responsável técnica pela Vigilância Ambiental, Regina Damasceno Rodrigues, lembra que a população dedica o Dia de Finados para visitar os túmulos de parentes e amigos, e acaba deixando flores no local.

“Mas quando chove, dependendo do tipo de arranjo, acumula água e se transforma em foco do Aedes aegypti. E por isso apresentamos estas dicas para a comunidade também ajudar no combate ao mosquito”, explica.

Regina completa que o setor de Vigilância Ambiental faz frequentes visitas aos cemitérios para a identificação de focos e coleta de larvas para serem analisadas.

“Esses locais são pontos estratégicos por serem criadores preferenciais para o Aedes aegypti. A cada 15 dias é feita uma vistoria nos túmulos e é aplicado um larvicida, se houver a confirmação de que o mosquito está se criando no local. É um trabalho constante e necessário”, esclarece a responsável técnica pela Vigilância Ambiental de Taquara.

>> Deixe sua opinião: