Geral
  OPORTUNIDADE

Serviço de Apoio às Pessoas em Situação de Rua em Taquara realiza encaminhamentos ao mercado de trabalho

Obras do Complexo Municipal de Saúde é um dos locais em que há pessoas atendidas pelo Saps
Foto: Cris Vargas/Prefeitura de Taquara

Lançado em abril deste ano, o Serviço de Apoio às Pessoas em Situação de Rua (Saps), em Taquara, já possibilitou que nove pessoas que estavam em situação de rua pudessem ser encaminhadas ao mercado de trabalho.

O serviço, executado junto à estrutura do Albergue Municipal, possibilita que pessoas em situação de rua acolhidas nele recebam capacitações e encaminhamentos para os serviços de saúde, possibilitando a retomada de suas vidas em sociedade posteriormente.

A iniciativa integra as ações do programa “Ninguém na Rua”, da Secretaria de Desenvolvimento Social, Trabalho e Cidadania. De acordo com o secretário da pasta, Maurício Souza Rosa, as pessoas acolhidas são atendidas pelo Saps, passam por tratamentos contra o álcool e drogas (se necessário), e recebem oficinas para que possam entrar no mercado de trabalho, ou serem encaminhadas para suas famílias de origem, ganhando roupas, refeições e dormindo no local.

“É feito um trabalho de preparação com essas pessoas antes que elas possam ser encaminhadas. Desde abril, além das nove pessoas que conseguiram oportunidades no mercado de trabalho, outras já estão sendo preparadas também para voltarem a ser independentes”, explica Maurício.

Um dos locais em que há pessoas atendidas pelo Saps, já encaminhadas ao mercado de trabalho, é nas obras do Complexo Municipal de Saúde. Quatro homens que estavam em situação de rua atuam diariamente para a finalização do prédio que abrigará o pronto atendimento, Saúde da Mulher, Estratégias de Saúde da Família entre outros serviços médicos. Eles foram contratados pela empresa L. C. de Abreu, responsável pela execução da obra.

“Isso foi possível graças ao incentivo ao mercado de trabalho realizado pelo Programa Ninguém na Rua, que foi implementado pelo Município em 2021. É a oportunidade para estas pessoas de ter estabilidade financeira e refazer suas vidas”, destaca a prefeita Sirlei Silveira.

A prefeita de Taquara esteve, na semana passada, acompanhando o trabalho destes profissionais, junto com o secretário Maurício, o secretário de Desenvolvimento Econômico, Mineração e Turismo, Cassiano Kublick, e o vereador Júnior Eltz.

Os trabalhadores atendidos pelo serviço atuam nas obras há pouco mais de um mês. A. S., de 33 anos, está muito feliz com a oportunidade.

“É muito bom eu estar aqui. Felizmente depois de estar acolhido consegui esse emprego. É um incentivo para que a gente possa continuar e lutar por uma vida melhor”, conta.

Outro que trabalha no local é J. A., que tem 54 anos. Ele lembra que, por estar empregado, deixará o Albergue Municipal para morar em uma casa alugada nos próximos dias.

“Essa chance abre várias portas para nós. A Prefeitura está oferecendo mais dignidade aos moradores de rua, que agora podem ser acolhidos e sair dessa situação”, destaca.

Importância do projeto

Maurício complementa que as pessoas em situação de rua são tão comuns como qualquer cidadão, porém, que em um momento da vida passaram por dificuldades, traumas ou tomadas de decisões que as levaram para a vivência na rua. E que iniciativas como o programa Ninguém na Rua e o Serviço de Apoio às Pessoas em Situação de Rua ajudam a devolver o protagonismo de suas vidas.

“Precisamos pensar em políticas públicas integradoras e capazes de devolver a liberdade e a independência dessas pessoas. É com esse olhar que criamos estes projetos em Taquara”, frisa o secretário de Desenvolvimento Social, Trabalho e Cidadania de Taquara.