A PEDIDO

Nota de esclarecimento do Sindicato dos Empregados no Comércio de Taquara sobre vídeo de empresário

O Sindicato dos Empregados no Comércio de Taquara vem a público se manifestar a respeito de um vídeo que está circulando em grupos de WhatsApp. Vídeo esse em que um empresário da cidade de Parobé põe em dúvida a integridade moral da diretoria do Sindicato.

Queremos ressaltar que nós não proibimos as empresas do comércio de abrir em feriados, ao contrário, ajudamos a estabelecer normas que dão segurança jurídica para o empreendedor. Existe uma CCT (Convenção Coletiva de Trabalho), assinada junto com o Sindicato Patronal e registrada no MTE (Ministério do Trabalho e Emprego), onde as empresas devem cumprir as cláusulas encaminhando para acordo para a abertura em dias de feriado com a assinatura do empregado, dia de folga e valor a ser pago pelo dia trabalhado.

Sabemos das dificuldades financeiras em que nosso país se encontra devido à pandemia. Mas, ressaltamos que não podemos admitir que usem desse argumento para se utilizar de mão de obras sem cumprir as clásulas da CCT. Esclarecemos que o não cumprimento da CCT legitima o Sindicato a buscar o direito na Justiça o cumprimento da CCT. Os valores que esse cidadão citou são revertidos parte aos empregados lesados e parte a entidades assistenciais indicadas pelo juiz.

Sindicato é uma entidade sem fins lucrativos, que trabalha em prol da proteção dos direitos dos trabalhadores.

Atenciosamente,

Adair José da Silva
Presidente do Sindicato dos Empregados no Comércio de Taquara

Publicado em 23/09/2021 15:30 | Atualizado em 23/09/2021 17:02 Off