Geral
  SECA

Sirlei decreta emergência em Taquara por conta da estiagem

Prejuízo estimado em levantamento da prefeitura é de R$ 50 milhões.
Estiagem prejudica plantações em Taquara. Foto: Defesa Civil

A prefeita Sirlei Silveira (PSB) anunciou, nesta quarta-feira (12), que decretou situação de emergência em Taquara devido aos impactos provocados pela estiagem. Um levantamento conduzido pela Defesa Civil, Corpo de Bombeiros, Sindicato dos Trabalhadores Rurais, Emater e outras entidades apontou prejuízos ao setor rural em cerca de R$ 50 milhões. O decreto será agora submetido à homologação pelo governo do Estado.

O anúncio foi feito pela prefeita em entrevista ao programa Reserva das Cinco, da Rádio Taquara. Na ocasião, Sirlei lembrou que a administração se cercou de todos os cuidados para que o decreto seja devidamento homologado pelo governo gaúcho. Isso porque, segundo a prefeita, em 2019 o mesmo tipo de documento foi emitido, mas não teve homologação, causando prejuízos aos produtores rurais.

Por meio deste decreto, a prefeitura consegue algumas facilidades para o atendimento às demandas provocadas pela estiagem. Além disso, o documento é uma exigência das instituições bancárias no momento em que agricultores prejudicados pela seca precisarem renegociar eventuais empréstimos. Com este decreto reconhecendo a emergência, e devidamente homologado, os bancos abrem algumas facilidades no financiamento aos produtores rurais.

A prefeita disse que Taquara vem se mobilizando para atender a comunidade prejudicada pela falta de água. Entre as medidas, está sendo estudada, para o futuro, a compra de um caminhão pipa. No momento, a administração está comprando um tanque que possibilitará a distribuição de água a quem estiver precisando. Além disso, o município se mobiliza na busca de novas opções de fornecimento de água. Na comunidade de Ilha Nova, lembrou a prefeita, foi firmada parceria com a Associação de Moradores para a perfuração de um poço, que teve mais de 290 metros de profundidade para alcançar a água que será distribuída no local.